Lluis Gene/AFP
Lluis Gene/AFP

Hamilton lidera 3º treino livre e mantém domínio da Mercedes na Espanha

Tetracampeão volta a fazer o melhor tempo na Catalunha, andando a 1min17s281; Bottas fica 13 milésimos atrás

O Estado de S.Paulo

12 Maio 2018 | 09h19

A Mercedes manteve o embalo e seguiu na frente no terceiro treino livre para o GP da Espanha, a quinta etapa da atual temporada na Fórmula 1. Depois dos pilotos da equipe dominarem as atividades na sexta-feira, o britânico Lewis Hamilton voltou a fazer o melhor tempo na sessão disputada na manhã deste sábado.

+ Hamilton exalta equilíbrio entre Mercedes, Ferrari e Red Bull

+ Vettel exibe empolgação com sua Ferrari: Tudo o que colocamos no carro funcionou

+ Mais notícias de esportes a motor

Campeão em 2017, Hamilton fez a sua melhor volta em 1min17s281 e ficou apenas 0s013 na frente do finlandês Valterri Bottas. O britânico também fora o mais rápido na segunda sessão de treino livre da sexta-feira, enquanto o seu companheiro liderara a primeira. A Mercedes, assim, desponta como ampla favorita para o treino de classificação, agendado para as 10 horas (de Brasília) deste sábado.

Hamilton chega ao GP da Espanha embalado pela vitória na prova anterior do campeonato, no Azerbaijão, um resultado que o colocou na liderança do Mundial de Pilotos. Agora, o britânico tenta emplacar a segunda vitória consecutiva na temporada e também na prova espanhola, em que triunfou no ano passado em um fim de semana perfeito, que também incluiu a pole position e a melhor volta.

Se as Mercedes dominaram o treino livre de sábado, a Ferrari também teve bom desempenho e colocou seu dois carros entre os quatro primeiros. Vice-líder na temporada, apenas quatro pontos atrás de Hamilton, o alemão Sebastian Vettel foi o terceiro com 1min17s550. Em seguida, com 1min17s581, apareceu o finlandês Kimi Raikkonen.

Já Daniel Ricciardo, da Red Bull, fez a marca de 1min17s981 e ficou na quinta colocação - seu companheiro Max Verstappen foi apenas o 12º. Kevin Magnussen, da Haas, veio em sexto, logo na frente de seu companheiro Romain Grosjean. Carlos Sainz, da Renault, Fernando Alonso, da McLaren, e Pierre Gasly, da Toro Rosso, completaram as dez primeiras posições.

O destaque negativo do treino livre ficou para Brendon Hartley. Nos minutos finais da atividade, o neozelandês da Toro Rosso sofreu um forte acidente e a sessão foi encerrada sob bandeira vermelha. O piloto, contudo, nada sofreu.

Os pilotos voltam a acelerar no Circuito da Catalunha neste sábado, às 10 horas (de Brasília), no treino de classificação. E a largada da corrida no domingo ocorrerá às 10h10.

Mais conteúdo sobre:
futebolFórmula 1Lewis Hamilton

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.