Mark Thompson/AFP
Mark Thompson/AFP

Hamilton lidera treino livre que pode definir grid do GP dos EUA

Treino classificatório ainda não está confirmado em Austin

Estadão Conteúdo

24 de outubro de 2015 | 14h49

Apesar da forte chuva em Austin, os pilotos da Fórmula 1 foram para a pista do Circuito das Américas neste sábado para a disputa do terceiro treino livre do GP dos Estados Unidos. E Lewis Hamilton, com chances de ser campeão já no domingo, foi o mais rápido da sessão, que poderá definir o grid de largada para a corrida.

As colocações do treino livre podem servir como classificação por causa do mau tempo, que permanece em Austin. A chuva quase impediu a realização da sessão deste sábado, assim como aconteceu com o segundo treino livre, ainda na sexta-feira. Mesmo com a pista encharcada e as dificuldades dos pilotos em permanecer no traçado, os comissários liberaram a disputa. Caso a chuva aumente, seguindo a previsão meteorológica, a organização deve cancelar o treino classificatório.

Se isso acontecer, Hamilton largará na pole position pela 12ª vez na temporada. O inglês se colocaria em situação muito favorável para assegurar o tricampeonato neste fim de semana, faltando ainda três etapas para o fim da temporada. Ele foi o mais rápido da sessão ao registrar o tempo de 1min59s517.

Vice-líder do Mundial de Pilotos, o alemão Sebastian Vettel obteve o segundo tempo, com 2min00s380. Apesar da boa marca, o piloto da Ferrari terá dificuldade em conter Hamilton na corrida, caso estas posições sejam confirmadas no grid. Isso porque o alemão vai perder no mínimo dez posições na largada devido à troca do seu motor.

O também alemão Nico Hülkenberg obteve o terceiro tempo da sessão livre, colocando a Force India entre as mais rápidas do dia. O quarto posto ficou com o finlandês Valtteri Bottas, companheiro de Felipe Massa na Williams. O brasileiro não passou do 10º lugar neste terceiro treino livre.

O espanhol Carlos Sainz Jr, da Toro Rosso, o russo Daniil Kvyat, da Red Bull, o finlandês Kimi Raikkonen, da Ferrari, o australiano Daniel Ricciardo, da Red Bull, e o alemão Nico Rosberg completaram o Top 10. O piloto da Mercedes foi uma das decepções do dia ao registrar apenas o nono tempo.

O brasileiro Felipe Nasr foi apenas o 19º mais veloz, à frente apenas do holandês Max Verstappen. O piloto da Sauber teve dificuldade neste terceiro treino livre porque ficou de fora da primeira sessão, na sexta, e o segundo treino foi cancelado por causa da chuva. No primeiro, foi substituído pelo italiano Raffaele Marciello, reserva da equipe.

Desta forma, corre o risco de ir para a corrida de domingo com apenas dez voltas completadas em Austin. Agora o brasileiro aguarda a decisão dos comissários e a previsão de chuva para saber se poderá passar mais tempo na pista no treino classificatório, marcado originalmente para as 16 horas (horário de Brasília).

Confira os resultados do terceiro treino livre do GP dos EUA:

1º - Lewis Hamilton (ING/Mercedes), 1min59s517

2º - Sebastian Vettel (ALE/Ferrari), 2min00s380

3º - Nico Hülkenberg (ALE/Force India), 2min00s496

4º - Valtteri Bottas (FIN/Williams), 2min00s523

5º - Carlos Sainz Jr (ESP/Toro Rosso), 2min00s687

6º - Daniil Kvyat (RUS/Red Bull), 2min00s694

7º - Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari), 2min00s785

8º - Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull), 2min01s008

9º - Nico Rosberg (ALE/Mercedes), 2min01s474

10º - Felipe Massa (BRA/Williams), 2min02s199

11º - Sergio Perez (MEX/Force India), 2min02s660

12º - Romain Grosjean (FRA/Lotus), 2min02s825

13º - Pastor Maldonado (VEN/Lotus), 2min02s921

14º - Fernando Alonso (ESP/McLaren), 2min03s375

15º - Marcus Ericsson (SUE/Sauber), 2min04s399

16º - Jenson Button (ING/McLaren), 2min05s283

17º - Will Stevens (ING/Marussia), 2min05s378

18º - Alexander Rossi (EUA/Marussia), 2min05s607

19º - Felipe Nasr (BRA/Sauber), 2min06s792 

20º - Max Verstappen (HOL/Toro Rosso), 2min09s994

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.