Mark Ralston/AFP
Mark Ralston/AFP

Hamilton mantém domínio em 2º treino; Massa é o quinto

Líder do campeonato, piloto da Mercedes é o mais rápido nas duas sessões nos EUA e na última delas, brasileiro consegue boa volta

Estadão Conteúdo

31 de outubro de 2014 | 19h21

Cada vez mais confortável no Circuito das Américas, o inglês Lewis Hamilton voltou a superar o alemão Nico Rosberg, no segundo treino livre do GP dos Estados Unidos de Fórmula 1, e cravou o melhor tempo do dia em Austin. O resultado amplia o favoritismo do piloto britânico, que lidera o campeonato com 17 pontos de vantagem sobre Rosberg, seu companheiro de equipe na Mercedes.

Hamilton fez o melhor tempo do dia ao marcar 1min39s085, abaixo do 1min39s941 registrado na sessão inicial. Mas, desta vez, não foi tão superior ao companheiro. Apenas 3 milésimos de segundo separaram os dois pilotos. Com 1min39s088, Rosberg baixou em mais de um segundo o tempo marcado no primeiro treino. 

A dupla da Mercedes foi seguida pela Ferrari de Fernando Alonso (1min40s189) e pela Red Bull de Daniel Ricciardo (1min40s390). Os dois pilotos haviam ido mal no início do dia, refletindo desempenho discreto de suas equipes, mas evoluíram na segunda sessão livre. 

Felipe Massa veio logo em seguida na tabela de tempos. Após ser o 11º do treino anterior, ele cravou a quinta marca da nova sessão, com 1min40s457. Seguindo programação da Williams, Massa chegou a ser superado por Felipe Nasr, piloto reserva do time que ganhara chance de participar do treino livre que abre o GP norte-americano. 

Neste segundo treino, Massa teve bom desempenho, afora a rodada na pista logo na curva 1. Sem problemas, seguir normalmente no treino e deixou para trás o companheiro Valtteri Bottas. O finlandês, que não participou da sessão inicial, foi o 11º mais rápido, com quase meio segundo acima do tempo do brasileiro: 1min40s828. 

Depois de Massa, vieram o finlandês Kimi Raikkonen, o russo Daniil Kvyat, o dinamarquês Kevin Magnussen, o inglês Jenson Button e o alemão Nico Hülkenberg, completando o Top 10. A decepção do dia foi o alemão Sebastian Vettel, de saída da Red Bull. Vettel foi o último colocado, ao registrar o 18º tempo, com 1min43s980. Antes de entrar na pista, o tetracampeão teve confirmada punição por ter trocado o motor em Austin. Assim, ele terá que largar dos boxes na corrida de domingo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.