Lai Seng Sai/Reuters
Lai Seng Sai/Reuters

Hamilton parabeniza Verstappen por vitória e admite cautela após terminar em 2º

Mesmo na 2ª colocação, piloto britânico consegue ampliar vantagem em relação a Vettel

Estadão Conteúdo

01 Outubro 2017 | 15h26

O inglês Lewis Hamilton parabenizou o holandês Max Verstappen - aniversariante do dia - pela ultrapassagem que o tirou da liderança da prova e pela vitória no GP da Malásia de Fórmula 1, disputada neste domingo no circuito de Sepang, em Kuala Lumpur. O piloto da Mercedes admitiu que foi cauteloso ao optar por administrar o segundo lugar em prol do título da temporada.

+ Vettel se mantém otimista, mas pede atenção com problemas na Ferrari

+ Verstappen diz que aproveitou precaução de Hamilton para vencer na Malásia

+ Verstappen vence GP da Malásia; Vettel se recupera e fica em 4°

"Antes de mais nada, quero dizer parabéns e feliz aniversário ao Max. Hoje (domingo), ele fez um trabalho fantástico. A corrida foi difícil. Obviamente, eles (da equipe Red Bull) realmente tinham vantagem sobre nós. E essa é uma pista difícil, por isso gostamos tanto daqui", comentou o inglês em entrevista coletiva após o término da prova.

Hamilton comemorou a segunda colocação, pois a posição lhe proporcionou a ampliação da vantagem na luta pelo título do Mundial de Pilotos de 2017 para o alemão Sebastian Vettel, da Ferrari, que terminou em quarto, depois de fazer uma bela corrida de recuperação, pois largou da última posição do grid.

"Foi um fim de semana muito melhor do que esperávamos após a nossa sexta-feira (de treinos), considerando os problemas que tivemos com o carro. Este é um bom resultado. Mas ainda temos trabalho a fazer no carro. Algumas curvas realmente ampliaram os problemas que temos. As próximas corridas serão cruciais para corrigir algumas pendências que temos com o carro. Naturalmente, queria ganhar a corrida. Hoje, demos um passo à frente na tentativa de ganhar o mundial e todo ponto conta", analisou o piloto inglês.

Hamilton chegou aos 281 pontos na classificação do Mundial de Pilotos, enquanto Vettel tem 247. A diferença entre ambos subiu para 34 pontos. O terceiro colocado na tabela é o finlandês Valtteri Bottas, da Mercedes, que terminou a prova da Malásia na quinta posição.

Mais conteúdo sobre:
Fórmula 1Fórmula 1

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.