Hamilton promete ser agressivo na largada na Turquia

O inglês Lewis Hamilton prometeu ser agressivo na largada do GP da Turquia, que acontecerá no domingo, a partir das 9 horas (de Brasília). O piloto da McLaren obteve o quarto melhor tempo no treino de classificação deste sábado e ressaltou a necessidade de conseguir ultrapassagens na primeira volta para tentar repetir a vitória de 2010 em Istambul.

AE, Agência Estado

07 de maio de 2011 | 10h59

"Estamos definitivamente na luta e eu estarei lutando, exatamente como fizemos no ano passado. Então eu vou tentar conseguir uma boa largada amanhã, podemos ganhar algumas posições dessa maneira. Eu estou ansioso para pilotar em um forte GP, é uma longa corrida aqui e deve haver oportunidades para ultrapassar", afirmou.

Com Sebastian Vettel e Mark Webber dividindo a primeira fila, Hamilton revelou preocupação em ultrapassar Nico Rosberg, que sairá da terceira colocação, para não se distanciar dos pilotos da Red Bull. "Mercedes GP e Ferrari estão com ritmo, e isso pode tornar difícil ultrapassar a Mercedes, porque eles são muito rápidos nas retas, então se ficar atrás, os Red Bull podem ficar longe de nós", disse.

Hamilton lamentou por largar do lado com menos aderência do circuito de Istambul. "Nós estamos começando do lado sujo do grid, então nosso maior desafio será ficar fora da linha. Todos os anos aqui eu comecei no lado sujo", comentou o piloto inglês, que venceu o GP da China e está em segundo lugar no Mundial de Pilotos.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1GP da TurquiaLewis Hamilton

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.