Hamilton reclama de acerto da Mercedes após ser 10º

O inglês Lewis Hamilton admitiu ter ficado insatisfeito com o desempenho da Mercedes nos dois treinos livres desta sexta-feira para o GP do Bahrein. Ele terminou o dia apenas na 10ª colocação e avaliou que a mudança no acerto do carro não funcionou. "Mudamos o ajuste do carro para o que pensávamos que atenderia esta pista, mas precisamos olhar para isso e ter certeza que é o caminho certo a percorrer", disse.

AE, Agência Estado

19 de abril de 2013 | 12h17

Preocupado, Hamilton ressaltou a necessidade da Mercedes descobrir logo o que precisa ser mudado para a sequência do fim de semana. "Nós trabalhamos o mais duro que pudemos hoje, mas não conseguimos encontrar o equilíbrio do carro. Eu tive alguns problemas no primeiro treino livre que fomos capazes de melhorar para esta tarde, de modo que é um passo positivo, mas precisamos identificar onde estamos perdendo tempo e encontrar mais performance", afirmou.

Hamilton acredita que pode conseguir um resultado melhor do que o desta sexta-feira, mas reconheceu a dificuldade de ser competitivo. "Nós não estamos tão longe quanto vimos hoje, mas há muito trabalho duro pela frente e vai ser uma batalha difícil para nós neste fim de semana", comentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.