Christian Bruna/EFE
Christian Bruna/EFE

Hamilton renova contrato com a Mercedes por 2 temporadas e prevê mais conquistas

Piloto britânico está na escuderia desde 2013, na qual faz história e faturou seis de seus sete títulos mundiais

Redação, Estadão Conteúdo

03 de julho de 2021 | 11h26

Lewis Hamilton vai correr pela equipe Mercedes por pelo menos mais duas temporadas. Neste sábado pela manhã, antes dos treinos para o GP da Áustria, em Spielberg, a escuderia anunciou a ampliação do acordo com o piloto inglês até o fim de 2023. O novo acordo deixou o heptacampeão "muito feliz e animado" por novas conquistas.

"A equipe Mercedes-AMG Petronas F1 tem o prazer de anunciar uma prorrogação de dois anos de sua parceria com o sete vezes campeão mundial de pilotos Lewis Hamilton, dando continuidade a um relacionamento que se tornou a dupla de pilotos e equipes de maior sucesso na história da Fórmula 1. Lewis irá pilotar pela Mercedes nas temporadas de 2022 e 2023, sua 10ª e 11ª com a equipe baseada em Brackley", anunciou a equipe Mercedes.

Hamilton está na Mercedes desde 2013, na qual faz história com a conquista de seis dos seus sete títulos mundiais, além de 77 vitórias somadas e outras 74 pole positions conquistadas.

"É difícil acreditar que já faz quase nove anos trabalhando com esta equipe incrível e estou animado para continuar nossa parceria por mais dois anos", afirmou Hamilton. "Já conquistamos muito juntos, mas ainda temos muito a conquistar, tanto dentro quanto fora da pista."

O inglês agradeceu à equipe não apenas pelo apoio nas pistas, mas também por incentivá-lo em causas sociais e na luta contra a desigualdade e o preconceito. "Estou incrivelmente orgulhoso e grato por como a Mercedes me apoiou em meu esforço para melhorar a diversidade e a igualdade em nosso esporte", lembrou.

E completou: "Eles se responsabilizaram e deram passos importantes na criação de uma equipe mais diversificada e um ambiente inclusivo. Obrigado a todos os indivíduos dedicados e talentosos da Mercedes, cujo trabalho árduo torna tudo isso possível, e ao conselho por sua confiança contínua em mim", agradeceu o heptacampeão. "Estamos entrando em uma nova era do carro que será desafiadora e empolgante e mal posso esperar para ver o que mais podemos alcançar juntos."

CEO e diretor da Mercedes, Totó Wolff também festejou a ampliação do acordo com seu principal piloto. "À medida que entramos em uma nova era da F1 a partir de 2022, não pode haver piloto melhor para ter em nossa equipe do que Lewis", enfatizou. "Suas conquistas neste esporte falam por si mesmas, e com sua experiência, velocidade e habilidade de corrida, ele está no auge de suas forças. Estamos saboreando a batalha que temos em nossas mãos este ano e é por isso que também queríamos fechar este contrato antecipadamente, para que não tenhamos distrações da competição na pista."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.