Tamas Kovacs / EFE
Tamas Kovacs / EFE

Hamilton revela surpresa com pole e celebra chuva no treino na Hungria

Chefe da Mercedes, Toto Wolff também admite resultado melhor do que o esperado no treino classificatório

Estadão Conteúdo

28 de julho de 2018 | 13h42

O britânico Lewis Hamilton admitiu surpresa com a conquista da pole position para o GP da Hungria, assegurada na sessão de classificação realizada neste sábado no Hungaroring. O piloto da Mercedes reconheceu que a chuva no circuito, durante a segunda e a terceira fase do treino, foram determinantes para esse resultado, revelando que tinha metas bem mais modestas para a atividade.

"Não imaginava me classificar na primeira fila, na pole. Honestamente, nós não poderíamos esperar isso. As Ferrari foram mais rápidas durante todo o final de semana, e estávamos apenas tentando fazer o nosso melhor para estar o mais próximo possível deles. Então o céu se abriu e foi um jogo justo", afirmou o britânico após faturar a 77ª pole position da sua carreira, sendo a sexta na Hungria.

Até a sessão de classificação, as atividades do GP da Hungria vinha sendo dominadas pela Ferrari, que liderou dois dos três treinos livres com o alemão Sebastian Vettel. Mas a chuva equilibrou a disputa e permitiu a Hamilton superar o seu principal rival na briga pelo título do campeonato.

Hamilton, porém, destacou o quanto é desafiador pilotar sob chuva. "Eu estava realmente na ponta dos dedos. É como fazer balé - não que eu tenha feito balé - mas você sabe o que quero dizer, você está na ponta dos dedos e sentindo o movimento do carro", disse. "Eu não poderia estar mais feliz", acrescentou.

O britânico lidera o campeonato com 188 pontos e 17 de vantagem para Vettel, que vai largar da quarta posição. A Mercedes reconhece que não imaginava brigar pela vitória neste fim de semana, mas agora quer aproveitar esse cenário favorável para conseguir mais um triunfo.

"Esta é uma corrida que não esperávamos estar na disputa pela vitória. Agora vamos fazer de tudo para que isso aconteça", disse o chefe da Mercedes, Toto Wolff, empolgado com a dobradinha de Hamilton com o finlandês na primeira fila do grid de largada da corrida, que terá seu início às 10h10 (horário de Brasília) deste domingo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.