John Thys/AFP
John Thys/AFP

Hamilton se aproveita da chuva no Q3 e garante a pole no GP da Bélgica

Piloto da Mercedes esteve atrás de Vettel durante todo o fim de semana, mas conta com a sorte na última volta

O Estado de S.Paulo

25 Agosto 2018 | 11h40

Em reta final de treino de classificação definida sob chuva, neste sábado, Lewis Hamilton, da Mercedes, conquistou a pole position do GP da Bélgica de Fórmula 1, em Spa-Francorchamps. O resultado frustrou Sebastian Vettel, da Ferrari, que era o mais cotado para garantir o primeiro lugar no grid e teve de se contentar com a segunda colocação.

Nos três treinos livres, entre sexta e sábado, a Ferrari foi dominante no circuito, mas a chuva no Q3 favoreceu Hamilton, que cometeu um erro e andou na grama uma volta antes de fazer o tempo da pole. "Foi uma das classificações mais difíceis que eu posso lembrar", disse o britânico depois da atividade.

A maior surpresa ficou na segunda fila, composta por dois carros da Racing Point Force India: Esteban Ocon, em terceiro, e Sergio Pérez, em quarto. Com problemas financeiros, a equipe correu o risco de nem disputar o GP da Bélgica porque entrou com pedido de recuperação judicial na última semana. Antes Force India, a equipe foi vendida e perdeu os pontos conquistados na temporada por causa da nova inscrição, única forma de manter os pilotos em atividade neste ano.

Romain Grosjean, da Renault, também surpreendeu e ficou com a quinta posição. Pouco competitivos, Kimi Raikkonen, da Ferrari, Max Verstappen e Daniel Ricciardo, ambos da Red Bull, e Kevin Magnussen, da Haas, vão alinhar entre sexto e nono, respectivamente. Um problema no carro da Mercedes impediu que Valtteri Bottas conseguisse participar do Q3, mas o finlandês, de todo modo, já iria largar em 19º por causa de uma punição.

Na primeira corrida desde que anunciou que vai deixar a McLaren e não irá competir na Fórmula 1 em 2019, Fernando Alonso nem passou do Q1. Bicampeão do mundo, o espanhol vai largar apenas em 15º, enquanto o companheiro de dele, Stoffel Vandoorne, ficou com o 18º lugar.

Hamilton chega à Spa-Francorchamps como líder do Mundial de Pilotos, com 213 pontos, 24 à frente de Vettel. Raikkonen, com 146, Bottas, 132, Ricciardo, 118, e Verstappen, 105, completam os seis primeiros. O GP da Bélgica, com largada às 10h10 (de Brasília) neste domingo, é o 13º dos 21 previstos no calendário de 2018 da Fórmula 1.


Confira o grid de largada para o GP da Bélgica:

1º - Lewis Hamilton (ING/Mercedes), 1min58s179

2º - Sebastian Vettel (ALE/Ferrari), 1min58s212

3º - Esteban Occon (FRA/Racing Point Force India), 2min,01s,851

4º - Sergio Pérez (MEX/Racing Point Force India), 2min01s894

5º - Romain Grosjean (FRA/Haas), 2min02s122

6º - Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari), 2min02s671

7º - Max Verstappen (HOL/Red Bull), 2min02s769

8º - Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull), 2min02s939

9º - Kevin Magnussen (DIN/Haas), 2min04s933

----------------------------------------------------

10º - Pierre Gasly (FRA/Toro Rosso), 1min43s844

11º - Brendon Hartley (NZL/Toro Rosso), 1min43s865

12º - Charles Leclerc (MON/Sauber), 1min44s062

13º - Marcus Ericsson (SUE/Sauber), 1min44s301

----------------------------------------------------

14º - Carlos Sainz Jr (ESP/Renault), 1min44s489

15º - Fernando Alonso (ESP/McLaren), 1min44s917

16° - Sergey Sirotkin (RUS/Williams) 1min44s998

17º - Lance Stroll (CAN/Williams), 1min45s134

18° - Stoffel Vandoorne (BEL/McLaren), 1min45s307

-------------------------------------------------

Punidos:

19º - Valtteri Bottas (FIN/Mercedes), sem tempo no Q3

20º - Nico Hülkenberg (ALE/Renault), sem tempo no Q2

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.