Hamilton se diz emocionado por conseguir a pole na China

Depois de quase ser punido, inglês fica próximo de ser campeão; pole venceu 11 das 15 corridas disputadas

06 de outubro de 2007 | 13h10

Depois de conquistar a sua quinta pole position no ano e ficar mais próximo do título - apenas em quatro das 15 provas disputadas o pole não venceu - o inglês Lewis Hamilton se mostrou feliz com o feito.   Veja também:  Hamilton conquista pole e fica mais próximo do título   "Estou emocionado em conseguir esta pole. O final de semana está parecendo uma montanha russa. Na quinta, quando fizeram a investigação sobre o que houve na última prova, eu achei que seria punido. Mas, com a ajuda da minha equipe, eu escapei."   Hamilton correu sério risco de ser punido, e até de perder a sua vitória no GP do Japão, por causa de uma manobra durante uma bandeira amarela durante a corrida do último final de semana. Ele freou bruscamente e acabou causando uma batida que tirou Mark Webber (Red Bull) e Sebastian Vettel (Toro Rosso) da prova.    "Não foi fácil esquecer a possibilidade de que poderia perder meus pontos. Mesmo assim, eu sabia que se trabalhasse direito e não me pressionasse muito, eu seria capaz de fazer qualquer coisa. Eu estou muito feliz", falou.   Raikkonen diz que treino foi normal   Apesar de ter perdido a pole para o GP da China, depois de ter dominado as duas fase anteriores da classificação, Kimi Raikkonen não se mostrou frustrado. "O treino foi normal. Acho que temos boa velocidade, o treino mostrou isso. A diferença de rendimento na classificação pode ser justificada pela quantidade de combustível do carro", revelou o piloto da Ferrari. "Estou contente com o carro e acredito que seremos competitivos na corrida."   Com relação a possibilidade de chuva, o finlandês se mostrou reticente. "Na última vez em que corremos aqui também choveu, então acho que não será ruim. Acredito que a visibilidade será melhor, mas depende da intensidade da chuva."

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1GP da China

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.