Amanda Perobelli/ Reuters
Amanda Perobelli/ Reuters

Hamilton se recupera e é o mais rápido no terceiro treino livre em Interlagos

Piloto da Mercedes melhora resultados de sexta-feira e mostra motivação mesmo depois de ter garantido o hexa

Wilson Baldini Jr., O Estado de S.Paulo

16 de novembro de 2019 | 13h16

Lewis Hamilton mostrou, neste sábado, que o hexacampeonato antecipado não tirou sua motivação para ganhar o GP do Brasil de Fórmula 1, ao marcar o melhor tempo no terceiro treino livre, em Interlagos. Pela primeira vez no fim de semana com pista seca e sol tímido, o britânico fez a melhor volta em 1min08s320, seguido pelo holandês Max Verstappen, da Red Bull (1min08s346), e do monegasco Charles Leclerc, da Ferrari (1min08s611).

O tetracampeão Sebastian Vettel, da Ferrari, o mais rápido na segunda sessão de treinos na sexta-feira, ficou em quarto (1min08s664), à frente do tailandês Alexander Albon, da Red Bull, estreante na pista (1min09s136). Bottas, foi o último entre os pilotos favoritos, marcou o sexto tempo (1min09s201).

O russo Daniil Kvyat, da Toro Rosso, com o sétimo lugar (1min09s415) e o italiano Antonio Giovinazzi, da Alfa Romeo (1min09s462) foram as surpresas do treino. Lando Norris, da McLaren, com 1min09s585, e o veterano Kimi Raikkonen, com 1min09s619, fecharam a lista dos dez primeiros da sessão.

O TREINO

A primeira metade do treino foi bastante movimentada. Hamilton entrou na pista como se o campeonato não estivesse garantido a seu favor. Buscando o limite de sua Mercedes, o britânico chegou a liderar a sessão de treino (1imin09s454), mas acabou superado pelo holandês Max Verstappen, que obteve o tempo de 1min09s063.

Fortes mais uma vez na primeira parte do circuito, os carros da Ferrari, que dominaram o segundo treino livre na sexta-feira, ficaram com o quarto e quinto lugares. Leclerc (1min09s599), à frente de Vettel (1min09s666). Os dois foram superados pelo finlandês Valtteri Bottas (1min09s526).  

Com a pista mais emborrachada e pneus novos, simulando classificação, Vettel e Leclerc voltaram para a parte final do treino e retomaram a liderança, ao serem os primeiros a baixar para 1mins08. O monegasco fez 1min08s611 e o alemão 1min08s664.

Hamilton não deixou por menos e baixou para 1min08s320, seguido por Verstappen com 1min08s346. O tailandês passou a ocupar o quinto lugar (1min09s136), superando Bottas e atrás das duas Ferrari. O treino classificatório será neste sábado, às 15h.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.