Olivier Morin/AFP
Olivier Morin/AFP

Hamilton sobra e lidera primeiro treino livre em Monza; Massa é 8º

Piloto inglês crava 1min24s670 em sua melhor volta nesta sexta

Estadão Conteúdo

04 de setembro de 2015 | 07h46

O inglês Lewis Hamilton abriu o GP da Itália, nesta sexta-feira, impondo forte domínio sobre os rivais no circuito de Monza. O líder do Mundial de Fórmula 1 aplicou quase meio segundo de vantagem sobre o companheiro de Mercedes, o alemão Nico Rosberg, e mais de um segundo e meio sobre Sebastian Vettel, que correu pela Ferrari pela primeira vez na corrida "em casa" de sua equipe.

Hamilton encerrou o primeiro treino livre em Monza cravando 1min24s670. Rosberg, que tenta reduzir a vantagem do rival no campeonato, não passou de 1min25s133. Apesar de ser o piloto com mais chances de superar o inglês, por guiar o mesmo carro, o alemão chegou a levar um segundo de Hamilton durante a sessão.

Tentando se intrometer nesta briga particular, Vettel esteve mais focado em cumprir o planejamento de testes da Ferrari neste treino inicial. Para tanto, teve aplicado em seu carro flow-vis, espécie de tinta que ajuda a equipe a fazer avaliações aerodinâmicas. Assim, seu melhor tempo foi de 1min26s258. Seu companheiro de Ferrari, o finlandês Kimi Raikkonen, foi apenas o sexto colocado, com 1min26s783.

Logo atrás de Vettel veio o alemão Nico Hülkenberg, mostrando novamente bom ritmo em um circuito muito veloz. Destaque no GP da Bélgica, há duas semanas, o piloto da Force India anotou o quarto tempo, com 1min26s612. O mexicano Sergio Pérez confirmou o forte rendimento da Force India ao obter o quinto posto da sessão, com 1min26s730.

Os brasileiros exibiram boa performance em Monza. Felipe Massa anotou o oitavo tempo, com 1min26s936, mesmo cometendo um erro no final. Ele ficou à frente do companheiro de Williams, o finlandês Valtteri Bottas (1min27s075), em uma sessão na qual a equipe não costuma mostrar todo o seu potencial - geralmente só faz testes, visando a classificação de sábado.

Felipe Nasr esteve entre os dez mais rápidos durante quase todo o treino. Acabou fechando em 11º, com 1min27s232. Também ficou à frente do companheiro de equipe. O sueco Marcus Ericsson, também da Sauber, foi o 13º, com 1min27s454.

O Top 10 deste treino de abertura teve ainda o australiano Daniel Ricciardo (1min26s922) e o venezuelano Pastor Maldonado, com 1min27s118. Longe desta restrita lista, a McLaren segue penando na temporada. O espanhol Fernando Alonso foi o 17º mais veloz (1min28s023), seguido do inglês Jenson Button (1min28s423).

O segundo treino livre do GP da Itália terá início às 9 horas desta sexta-feira. Na mesma hora, no sábado, será definido o grid de largada na sessão classificatória. Também às 9 horas, no domingo, começará a corrida em Monza.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.