Hamilton vence no caiaque, mas pensa mesmo é na prova de domingo

Lewis Hamilton venceu na quarta-feirauma corrida de caiaque nas ondas de Melbourne, deixando paratrás celebridades esportivas locais e seu novo companheiro deMcLaren, o finlandês Heikki Kovalainen. Mas o britânico de 23mesmo quer mesmo é vencer o Grande Prêmio da Austrália deFórmula 1, que abre a temporada, no domingo. O evento na praia, organizado pelo patrocinador da equipe,deveria ser uma mera brincadeira, mas Hamilton não deixoudúvida de que continua tão competitivo quanto há um ano, quandoestreou na categoria. Naquele GP, ficou em terceiro, depois de liderar por quatrovoltas e ultrapassar o bicampeão mundial Fernando Alonso naprimeira curva da sua primeira corrida. Neste ano, só a vitórialhe interessa. "Esse é o plano. Estivemos trabalhando muito no inverno [nohemisfério norte], garantindo que o treino fosse ainda melhor,mas também preparando o carro. Sinto que temos uma oportunidadeaté melhor neste fim de semana do que no ano passado. Chego aofim de semana ainda mais positivo", afirmou. O finlandês Kimi Raikkonen, da Ferrari, que superouHamilton na luta pelo título por apenas 1 ponto, venceu emMelbourne em 2007 e é novamente o favorito. Hamilton disse que o GP da Austrália do ano passado foi ummomento crucial da sua carreira. "Eu não estava realmentenervoso, mas todos esperavam que eu falhasse", afirmou ele, queacabou acumulando uma sequência de nove pódios. "Comecei em quarto e ia sair da curva 1 lá pela oitavacolocação se não tivesse feito nada, e tomei uma decisãorealmente ousada. Eu estava bem ali, e aí tinha de tomar adecisão mais rápida que já tomei", acrescentou. "Fui para o lado de fora e consegui sair [da primeiracurva] em terceiro lugar, e acho que foi um dos momentos maisdecisivos no ano."

ALAN BALDWIN, REUTERS

12 de março de 2008 | 17h58

Tudo o que sabemos sobre:
FIHAMILTONMELBOURNE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.