Valdrin Xhemaj/EFE
Valdrin Xhemaj/EFE

Hamilton volta a liderar treino livre na França; Vettel fica só em 5º lugar

Piloto inglês é o mais rápido na segunda movimentação, seguido de Daniel Ricciardo e Max Verstappen

Estadão Conteúdo

22 Junho 2018 | 13h54

O inglês Lewis Hamilton iniciou bem os primeiros treinos do GP da França da Fórmula 1. Depois de liderar a sessão livre realizada pela manhã, no Circuito de Paul Ricard, em Le Castellet, ele foi novamente o mais rápido na segunda atividade de pista, reforçando o domínio da Mercedes para esta prova.

+ Hamilton é o mais rápido no primeiro treino livre para o GP da França

+ Confira mais notícias de esportes a motor

O piloto tetracampeão mundial, que busca reconquistar a liderança da temporada, perdida para o alemão Sebastian Vettel na última etapa, em Montreal, no Canadá, chegou em primeiro no segundo treino livre, com o tempo de 1min32s539 para recolocar a Mercedes na frente. Ele foi um pouco mais lento em relação à primeira sessão, em que estabeleceu a marca de 1min32s231. É um bom começo para quem precisa voltar a vencer. Na temporada, foram apenas duas vitórias em sete corridas disputadas.

Desta vez não houve dobradinha da Mercedes. Valtteri Bottas não conseguiu repetir o desempenho da manhã, em que chegou na segunda posição, por conta de um vazamento de água no seu carro. O finlandês ficou em sétimo, com o tempo de 1min34s156.

A segunda melhor marca da tarde foi de Daniel Ricciardo, que marcou 1min39s539 usando os pneus ultramacios. O australiano havia chegado em terceiro na sessão da manhã. Companheiro de Ricciardo, o holandês Max Verstappen completou o Top 3, reforçando a superioridade da Red Bull à frente da Ferrari, que viu o finlandês Kimi Raikkonen e Vettel terminarem na quarta e quinta posições, respectivamente.

Romain Grosjean, com o carro da Haas, repetiu o sexto lugar da manhã. O francês fechou o dia logo à frente da Mercedes de Bottas. O espanhol Fernando Alonso melhorou no final do treino e colocou a McLaren na oitava posição. O dinamarquês Kevin Magnussen, também da Haas, finalizou a atividade em nono e o francês Pierre Gasly, da Toro Rosso, completou os dez primeiros colocados.

A sessão foi marcada também por um incidente perigoso. Sergio Pérez viu a roda traseira esquerda do seu carro da Force India se soltar, o que fez a direção de prova acionar a bandeira vermelha por alguns minutos.

Os pilotos voltam à pista neste sábado, às 8 horas (de Brasília), para a disputa do terceiro treino livre. Na sequência acontece a atividade de classificação para o grid, às 11h. No domingo, a largada da prova está marcada para ocorrer às 11h10.

Vettel lidera o Mundial de Pilotos, com 121 pontos, apenas um à frente de Hamilton. Bottas é o terceiro, com 86, seguido de Ricciardo, com 84, e Raikkonen, que tem 68.

 

 

Mais conteúdo sobre:
Fórmula 1 Lewis Hamilton

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.