Heidfeld perde três posições por atrapalhar Rubens Barrichello

Brasileiro fazia sua volta rápida na primeira sessão dos treinos quando alemão entrava lentamente nos boxes

AE, Agencia Estado

27 de setembro de 2008 | 16h12

O alemão Nick Heidfeld, da BMW, foi punido com a perda de três posições no grid de largada do GP de Cingapura de Fórmula 1, neste sábado, devido a um incidente na entrada dos boxes com o piloto brasileiro Rubens Barrichello, que foi multado.   Veja também: Fórmula 1 - Classificação - Pilotos e construtores Acompanhe os bastidores da F-1 no blog do Lívio  Felipe Massa comemora 'volta fantástica' no GP de Cingapura Massa desbanca Hamilton e faz primeira pole noturna da F-1 Barrichello reclama do tráfego em sua volta rápida  Nelsinho Piquet sai desapontado do treino classificatório Heidfeld, que largaria em sexto, sairá na nona posição. O piloto da BMW foi punido por ter atrapalhado o brasileiro na primeira sessão do treino classificatório quando se encaminhava para entrar na área do pit stop. Com a mudança no grid, Sebastian Vettel, Timo Glock e Nico Rosberg ganharam uma posição cada um.Barrichello, que não se classificou para as sessões seguintes do treino, chegou a reclamar do tráfego após ficar na 18.ª posição. "Na segunda tentativa, fiquei preso atrás do Heidfeld, que comprometeu a minha volta", explicou o piloto da Honda. O brasileiro, no entanto, também foi penalizado. Ele deverá pagar uma multa de 10 mil euros (R$ 27 mil) por ter feito uma entrada incorreta nos boxes. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.