Helinho encosta no líder da Indy

Hélio Castro Neves, o ?homem-aranha?, voltou a subir na grade neste domingo, comemorando a vitória no GP de Mid-Ohio da Indy, sua terceira na temporada (ganhou também em Long Beach e Detroit) e sexta na carreira. E mandou avisar. "Sempre falei que quando tivesse oportunidade eu iria para cima. Estou na briga e agora vai??, disse o brasileiro, que encostou no líder do campeonato - tem 1 ponto a menos que o sueco Kenny Brack.Helinho pretende aproveitar a fase dos circuitos mistos e de rua - as próximas corridas são no misto de Elkhart Lake e nas ruas de Vancouver - para assumir a liderança do campeonato e abrir confortável vantagem sobre Kenny Brack. Mas recebeu um aviso: seu maior adversário está na sua própria equipe. É Gil de Ferran. "Eu não desisto facilmente, não. Hoje, eu não ganhei, mas estou na briga. Só não posso perder a cabeça por causa de uma derrota. E não vou perder??, garantiu o atual campeão da Indy, que chegou em segundo em Mid-Ohio e está na terceira posição no Mundial.Gil concordou que a prova foi decidida no primeiro pit stop, feito na volta em que ele começou a encontrar retardatários e perdeu tempo antes de ir para o boxe. Perguntado sobre o que poderia ter feito para evitar tráfego, o brasileiro foi franco: "Eu não sei??. Helinho aproveitou a "deixa?? e emendou: "Você deveria ter me deixado largar na pole. Assim, eu chegaria primeiro no tráfego. Mas no treino de classificação achou melhor não me dar chance...?? A risada foi geral.Roberto Moreno também estava contente. E com bons motivos. Seu desempenho foi um dos melhores da corrida, com várias ultrapassagens de categoria. "Desta vez adotei outra tática, que foi ser agressivo. O carro estava muito bom e, na reta após a curva 2, sempre que estava colado em alguém sabia que a posição seria minha??, revelou. Por isso, ele chegou em sexto lugar, após ter largado em 15º.Moreno só se irritou com Christian Fittipaldi, de quem reclamou após tê-lo ultrapassado. "Ele me jogou duas vezes na grama. Na terceira, enfiei o carro e passei. Não aconteceu nada, mas poderíamos ter tido um acidente sério.?? Christian, que no ano passado foi terceiro colocado em Mid-Ohio e desta vez chegou em oitavo, não comentou o episódio. Aliás, ele e Cristiano da Matta (10º), os brasileiros da Newman-Haas, estavam, após a corrida, com cara de poucos amigos durante a conversa com os engenheiros da equipe. Novamente a Newman-Haas não teve o desempenho que seus pilotos esperavam.Tony Kanaan, o quinto colocado, teve outro motivo para comemorar. Ele escapou de uma grave acidente com Dario Franchitti, quase ao final da corrida. "Foi um susto, mas estou inteiro.??

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.