Helinho fica animado com performance

As sessões livres desta sexta-feira em Mid-Ohio, local da 12ª etapa da temporada 2001 da F-Indy, foram como uma volta para casa para Gil de Ferran e Hélio Castro Neves, os brasileiros da Penske. Eles aproveitaram o fato de estarem de novo em um circuito misto permanente e dominaram facilmente o primeiro dia de treino. Foram mais rápidos pela manhã e à tarde e em nenhum momento tiveram a superioridade ameaçada por outro concorrente.No final das duas sessões, Gil fechou o dia como o mais rápido com 1min06s151, alcançando média de 197,755 km/h na sua melhor volta pelo circuito de 3.633 quilômetros. Helinho foi o segundo colocado, com tempo de 1min06s151. Atrás deles veio o norte-americano Jimmy Vasser, que fez 1min06s788.Os motores Honda e Toyota, cujo rendimento não vinha agradando nos circuitos ovais, comportaram-se bem nesta sexta-feira em Mid-Ohio. Gil e Helinho usam Honda. Vasser e o quarto e o quinto colocados nos treinos (respectivamente Christian Fittipaldi, da Newman-Haas, que cravou 1min06s895, e Bruno Junqueira, da Chip Ganassi, que fez 1min06s994) utilizam Toyota. O melhor resultado do motor Ford foi o sexto lugar de Bryan Herta, da Forsythe."O motor Honda realmente deu uma melhorada, mas não sinto tanta diferença nas retas (Mid-Ohio tem duas grandes retas). Acho que estamos ganhando nas curvas, nas retomadas, e também porque temos um carro bem acertado para esta pista??, explicou Helinho. "Os Penske estão muito bem nesta pista. Como no ano passado. Assim, fica difícil??, acrescentou Vasser.Segundo colocado no campeonato com 82 pontos, Helinho disse estar "mais tranqüilo?? após os treinos desta sexta-feira. Até porque, o líder na classificação, o sueco Kenny Brack, da Team Rahal, que tem 104 pontos, não foi além do 15º posto.Helinho sentiu que o domínio da Penske, repetindo o que aconteceu no passado, quando a equipe foi a melhor dos treinos e na corrida (ele venceu e Gil de Ferran, que largara na pole, foi segundo colocado), está incomodando bastante. "Somos o alvo, a caça. Os outros estão correndo atrás e cabe a nós lutar para manter o domínio.??Se Helinho mostrou o costumeiro otimismo, Gil de Ferran, o mais rápido do dia, preferiu manter sua prudência característica. "Vamos com calma, foi apenas a sexta-feira. Não adianta nada dominar o primeiro treino e na hora da classificação e da corrida ter de chorar. Já tenho muitos anos de corrida e sei que sexta-feira não é dia para ninguém ficar empolgado??, afirmou.No entanto, Gil admitiu que é sério candidato a fazer a pole neste sábado, repetindo o desempenho da temporada passada. A sessão que define o grid em Mid-Ohio será realizada das 14h45 às 16 horas, pelo horário de Brasília.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.