Butch Dill/AP
Butch Dill/AP

Hélio Castroneves vence sua primeira corrida no ano na F-Indy

Brasileiro é o vice-líder do campeonato, 32 pontos atrás de Will Power, o quarto no misto no Alabama

Milton Pazzi Jr., estadão.com.br

11 de abril de 2010 | 19h26

Hélio Castroneves conseguiu neste domingo sua primeira vitória na temporada 2010 da Fórmula Indy, na estreante etapa do Alabama, circuito misto permanente em Birmingham (EUA), graças à estratégia da equipe Penske de utilizar uma parada a menos que os adversários para trocar pneus e encher o tanque de combustível, numa corrida de apenas duas bandeiras amarelas.

O brasileiro voltou a subir no alambrado ao estilo “Homem Aranha” na comemoração e por agora ser o vice-líder do campeonato de pilotos, com 104 pontos, 32 a menos que o ainda líder e companheiro de equipe, Will Power, agora com 136.

Uma vitória tática que só foi confirmada quando faltavam nove voltas, quando Marco Andretti (Andretti), então líder, teve de fazer mais uma parada para reabastecimento, e sob pressão do neozelandês Scott Dixon (Chip Ganassi), que chegou em segundo lugar. O pódio foi fechado pelo escocês Dario Franchitti, campeão do ano passado e também da rival Ganassi. Todos fizeram apenas duas paradas.

Marco Andretti liderou por mais voltas que todos os outros e não ganhou a corrida porque seu engenheiro admitiu o erro na estratégia no uso do metanol, pois o americano precisaria de uma bandeira amarela por três voltas quando faltavam 20, para fazer mais uma parada, o que não aconteceu. Ele chegou na quinta posição. O outro erro da equipe aconteceu com Danica Patrick, que também precisou parar quando faltavam seis voltas pelo mesmo motivo.

Os brasileiros ficaram em posições intermediárias. Tony Kanaan (Andretti) foi o oitavo, Mario Moraes o 13.º, Raphael Matos o 14.º e Mário Romancini o 22.º. Vitor Meira (AJ Foyt) fez sua 100.ª corrida na categoria e chegou na 18.ª posição. Na classificação, o melhor é Matos, oitavo com 72 pontos, com Kanaan em nono (64), Meira 10.º (62), Romancini 18.º (42) e Moraes 19.º (41).

O pole position Will Power (Penske) chegou no quarto lugar e poderia ter ganho se não tivesse feito três paradas. O australiano largou na frente e liderava quando Mike Conway o passou na saída dos boxes após a primeira parada, na volta 13, e voltou à ponta até a volta 16. O inglês teve de devolver a posição por passar o australiano antes mesmo da largada.

FILA

As ultrapassagens no bonito circuito de Barber foram poucas. Como a pista era pequena, dependia do arrojo dos pilotos, se não fosse nos pit stops. Os momentos mais chamativos foram com Ryan Briscoe quando tentou passar Conway na volta 24 – quase tocaram roda e saíram da pista, mas o australiano recuou –, quando Danica deu um “X” em EJ Viso, na volta 48, e em uma fechada em Alex Lloyd na volta 70.

Castroneves garantiu a vitória na metade dela: voltou à ponta na volta 57, quando Marco teve de parar. Esticou sua aceleração e parou na volta 62, quando pôs mais combustível que os rivais. Começou a pressionar Andretti na volta 70 e depois disso só teve de esperar a parada do adversário americano (que ainda terminou em quinto lugar) para garantir a vitória.

AMEAÇA

O grande problema da corrida foi a venezuelana Milka Duno (Dale Coyne). Só do líder tomou quatro voltas. E ao longo da prova foi ultrapassada por todos, sendo que na volta 64 foi para a brita sozinha ao errar a freada e quase abandonou. Sua licença para correr nas 500 milhas de Indianápolis está ameaçada de ser suspensa.

A próxima etapa da temporada é a última desta primeira parte em circuito misto: no domingo que vem (18), nas ruas de Long Beach. Depois, virão os ovais.

NOTAS DA CORRIDA

++++ Takuma Sato, ex-Fórmula 1, quase abandonou na volta 11, por apagão em seu carro, e terminou uma corrida na Indy pela primeira vez com 22 voltas de diferença para o campeão ++++ As duas bandeiras amarelas: uma de Sato e a outra da suíça Simona de Silvestro, que errou uma freada e rodou, a seis voltas do fim ++++ O ex-jogador de basquete Charles Barkley, bicampeão olímpico e estrela da NBA, foi o responsável pelas bandeiradas ++++

FÓRMULA INDY 2010 - ETAPA DO ALABAMA

CLASSIFICAÇÃO FINAL

1.º - Helio Castroneves (BRA/Penske), 90 voltas, 1h56min41s3928

2.º - Scott Dixon (NZL/Chip Ganassi), a 0s5703

3.º - Dario Franchitti (ESC/Chip Ganassi), a 8s1590

4.º - Will Power (AUS/Penske), a 8s6639

5.º - Marco Andretti (EUA/Andretti), a 9s7410

6.º - Ryan Briscoe (AUS/Penske), a 10s9611

7.º - Justin Wilson (ING/Dreyer&Reinbold), a 11s5478

8.º - Tony Kanaan (BRA/Andretti), a 12s8533

9.º - Mike Conway (ING/Dreyer&Reinbold), a 13s3162

10.º - Alex Tagliani (CAN/Fazzt), a 14s8450

11.º - Dan Wheldon (ING/Panther), a 15s2007

12.º - Ryan Hunter-Reay (EUA/Andretti), a 15s6727

13.º - Mario Moraes (BRA/KV), a 16s7242

14.º - Raphael Matos (BRA/Luczo Dragon), a 1 volta

15.º - Hideki Mutoh (JAP/Newman Hass Lanigan), a 1 volta

16.º - EJ Viso (VEN/KV), a 1 volta

17.º - Graham Rahal (EUA/Sarah Fisher), a 1 volta

18.º - Vitor Meira (BRA/AJ Foyt), a 1 volta

19.º - Danica Patrick (EUA/Andretti), a 1 volta

20.º - Bertrand Baguette (BEL/Conquest), a 1 volta

21.º - Simona de Silvestro (SUI/HVM), a 1 volta

22.º - Mario Romancini (BRA/Conquest), a 1 volta

23.º - Alex Lloyd (ING/Dale Coyne), a 1 volta

24.º - Milka Duno (VEN/Dale Coyne), a 4 voltas

25.º - Takuma Sato (JAP/KV), a 22 voltas

Volta mais rápida: Justin Wilson (ING/Dreyer&Reinbold), 1min12s7853, na volta 53.

Mais voltas na liderança: Marco Andretti (EUA/Andretti), 58 voltas.

CLASSIFICAÇÃO

1.º - Will Power, 136 pontos

2.º - Helio Castroneves, 104

3.º - Dario Franchitti, 94

4.º - Justin Wilson, 85

5.º - Scott Dixon, 80

6.º - Ryan Briscoe, 79

7.º - Ryan Hunter-Reay, 77

8.º - Raphael Matos, 72

9.º - Tony Kanaan, 64

10.º - Vitor Meira e Marco Andretti, 62

12.º - Dan Wheldon, 61

13.º - Alex Tagliani, 60

14.º - Mike Conway, 58

15.º - Danica Patrick, 53

16.º - EJ Viso, 45

17.º - Hideki Mutoh, 43

18.º - Mario Romancini, 42

19.º - Mario Moraes, 41

20.º - Simona de Silvestro, 40

21.º - Milka Duno e Alex Lloyd, 36

23.º - Graham Rahal, 35

24.º - Takuma Sato, 34

25.º - Bia Figueiredo, 17

26.º - Bertrand Baguette, 12

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.