Hispania confirma Pedro de la Rosa como titular em 2012

Com a temporada 2011 da Fórmula 1 chegando ao fim - o GP do Brasil, no domingo, encerra o calendário -, as equipes já pensam no que mudar para o ano que vem. Diante disso, a Hispania anunciou nesta segunda-feira o acerto com um novo piloto para 2012: o experiente espanhol Pedro de la Rosa. Aos 41 anos, ele estava na McLaren, onde era reserva dos ingleses Jenson Button e Lewis Hamilton.

AE, Agência Estado

21 de novembro de 2011 | 14h03

"Sem dúvida, este é um passo muito importante na minha carreira esportiva e um dos mais pensados. Estou em um bom momento de maturidade e preparado para assumir este desafio que, além de tudo, me motiva muito. Para me unir a este projeto, foram importantes três fatores: o sonho de voltar a competir, a Hispania ser espanhola e conhecer a equipe que lidera este projeto", declarou De la Rosa.

Veterano, De la Rosa ficou conhecido por ter ficado boa parte da carreira como piloto reserva nas equipes pelas quais passou. Ele entrou na Fórmula 1 em 1998, como reserva da Jordan. Depois, foi titular na Arrows e Jaguar, até que, em 2003, acertou para voltar a ser reserva, desta vez na McLaren. Após uma temporada como titular na Sauber, em 2010, voltou à equipe inglesa neste ano.

"Contar com Pedro de la Rosa para a próxima temporada será um pilar fundamental no desenrolar de nosso projeto. Somos uma equipe jovem que precisa seguir avançando e, com esta incorporação, estou convencido de que vamos fazer isto. Além do mais, é uma grande pessoa e um grande profissional. Seu prestígio na Fórmula 1 demonstra isso", disse o chefe da Hispania, Colin Kolles.

Nesta temporada, De la Rosa teve a oportunidade de pilotar em uma única prova, no GP do Canadá, quando substituiu o mexicano Sergio Perez, que havia sofrido um acidente, na equipe Sauber. Na ocasião, ele terminou a corrida na 12ª colocação. Atualmente, a Hispania conta com o australiano Daniel Ricciardo e o italiano Vitantonio Liuzzi como titulares, mas não informou qual deles perderá o posto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.