Hockenheim renova contrato para revezar GP até 2018

O circuito de Hockenheim continuará no calendário da Fórmula 1 até pelo menos 2018. Nesta quarta-feira, promotores locais confirmaram que um novo acordo foi assinado com a FOA, empresa de Bernie Ecclestone que comanda a categoria.

AE-AP, Agencia Estado

30 de setembro de 2009 | 14h15

A notícia significa que pelo menos mais cinco provas serão disputadas na pista alemã. Hockenheim atualmente reveza-se na organização do evento com o circuito de Nurburgring, e receberá a prova em 2010, como nos anos pares subsequentes.

Os promotores locais temiam que, por questões financeiras, o circuito não conseguisse renovar seu acordo para receber o Mundial. Mas, de acordo com a administração do autódromo, a FOA se predispôs a assinar um contrato para dividir possíveis lucros e prejuízos.

Desde a aposentadoria de Michael Schumacher, no fim de 2006, as corridas disputadas na Alemanha tiveram uma sensível queda de interesse do público. Por isso, tanto Hockenheim quanto Nurburgring já tiveram sua posição no calendário ameaçada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.