Piloto da GP2 é operado após fraturar vértebra em grave acidente

Holandês Daniel de Jong foi tocado pelo francês Pierre Gasly

Estadão Conteúdo

23 Agosto 2015 | 10h02

O piloto Daniel de Jong deu um grande susto durante a etapa da Bélgica da GP2, no último sábado, ao sofrer grave acidente. Neste domingo, a categoria divulgou uma atualização sobre o quadro do holandês e informou que ele precisou ser submetido a cirurgia depois de ser diagnosticado com fratura em uma das vértebras.

"Depois que Daniel de Jong foi levado ao hospital de Liège ontem (sábado) após seu acidente durante a corrida, foi diagnosticado que o piloto holandês teve uma vértebra quebrada (a sexta) que precisou de atenção imediata. A cirurgia correu bem e sua situação é estável. Daniel permanecerá no hospital pela próxima semana", informou a GP em nota.

Logo no início da prova do último sábado, De Jong tentava a ultrapassagem sobre o francês Pierre Gasly quando foi tocado, perdeu o controle de seu carro e chocou-se em altíssima velocidade com a barreira de pneus. O impacto foi tamanho que deixou o piloto imóvel, aparentemente desacordado, no carro.

A prova, então, foi interrompida e De Jong foi imediatamente levado de helicóptero para um hospital. Momentos depois, a direção da GP2 informou que o holandês estava bem. Gasly foi responsabilizado pelo acidente e, por isso, teve um acréscimo de 10 segundos no seu tempo de prova.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.