Honda anuncia base na Inglaterra em seu retorno à F1

A Honda contará com uma base na Inglaterra para dar suporte ao seu retorno à Fórmula 1 em 2015. A montadora japonesa vai abrir uma fábrica na cidade de Milton Keynes, onde a Red Bull também conta com sua base na categoria.

AE, Agência Estado

11 de julho de 2013 | 12h12

A fábrica da Honda na Inglaterra vai facilitar a proximidade com a McLaren, com quem a montadora terá uma parceria na F1. A sede em Milton Keynes ficará a cerca de 90 km da sede da equipe inglesa, em Woking. Os japoneses, contudo, vão manter seu centro de pesquisa e desenvolvimento em Tochigi, no Japão.

A nova base vai permitir um contato maior com a McLaren no desenvolvimento dos novos motores da categoria. A partir de 2014, a F1 terá motores turbo V6, de 1,6 litro, além de mudanças no sistema de recuperação de energia.

A operação da Honda em Milton Keynes deve ter início somente em junho do próximo ano. "Com a confirmação de uma nova base no Reino Unido, nossa preparação para voltar à Fórmula 1 se torna mais específica e concreta", afirmou o diretor-executivo da Honda, Yasuhisa Arai. "Vamos acelerar nosso desenvolvimento para trazer de volta às pistas o motor único da Honda".

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1Honda

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.