Honda, de Barrichello, apresenta novo carro na Fórmula 1

Depois da péssima temporada em 2007, equipe japonesa espera ter um ano melhor e voltar ao pódio

Efe,

29 de janeiro de 2008 | 11h44

Toby Melville/Reuters   Jenson Button e Rubens Barrichello apresentam o novo modelo da Honda, que mantém a imagem do globo terrestre no carro - desta vez em apenas metade do veículo   A Honda, do brasileiro Rubens Barrichello, apresentou nesta terça-feira o R108, carro da equipe para a nova temporada da Fórmula 1, em que a escuderia espera brilhar.Veja também: Barrichello ainda sonha com título da Fórmula 1O gerente-geral da equipe japonesa, Yasuhiro Wada, foi bastante sério na apresentação e afirmou que a Honda não pode mais cometer erros na principal categoria do automobilismo.   "Na Honda, sempre pedimos às pessoas que trabalhem ao máximo para conseguir os objetivos máximos, sempre sem medo de falhar. Os erros são naturais quando se quer alcançar muito alto, mas eu só os aceito uma vez", afirmou Wada.   O dirigente fez clara referência ao pífio desempenho do carro em 2007, quando a Honda terminou numa fraca posição no Mundial de Construtores - com apenas seis pontos.   Para mudar isso, o principal reforço da equipe ficará do lado de fora: o inglês Ross Brawn, com experiência de dez anos comandando a Ferrari - com cinco títulos no Mundial de Construtores - e que tinha ficado um ano fora da F-1.   O novo diretor da Honda explicou que o carro do ano passado tinha muito apoio aerodinâmico, que vinha de uma forma muito agressiva.   "No novo carro tentaremos fazer com que este apoio aerodinâmico chegue de uma forma mais progressiva e facilite a direção do carro. Tornamos a parte traseira do chassi mais estreita e mudamos o design, com a possibilidade de fazer muitas evoluções aerodinâmicas ao longo da temporada. Temos muitas idéias novas, que espero que funcionem bem", disse um animado Brawn.   Além do inglês, chegaram o francês Lois Bigois, ex-chefe de aerodinâmica na Williams, e o alemão Jörg Zender, projetista de Toyota e BMW Sauber.   Além de Barrichello, e o inglês Jenson Button será o outro titular da escuderia. O austríaco Alex Wurz, que testava para a Williams no ano passado, aparece como piloto de testes.   A escuderia contará ainda com duas jovens promessas: o inglês Mike Conway e o italiano Luca Filippi, que correram na GP2 ano passado.   Uma das novidades do modelo é a volta de uma foto do globo terrestre na pintura do carro, mas desta vez ocupando apenas a parte posterior - era no carro todo em 2007. O R108 já foi à pista no último dia 23, nos testes da categoria em Valência, na Espanha. Lee Saunde/Efe   Os uniformes dos pilotos terão detalhes em verde-claro. Na imagem aparecem Rubens Barrichello (direita), Alex Wurz (piloto de testes, centro) e Jenson Button  

Tudo o que sabemos sobre:
HondaRubens BarrichelloJenson Button

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.