Honda terá base na Grã-Bretanha em volta à Fórmula 1

A Honda anunciou que terá a cidade de Milton Keynes, na Grã-Bretanha, como sua base na Europa, que será montada no próximo ano, quando a empresa intensificará os trabalhos visando fornecer motores para a McLaren a partir da temporada 2015 da Fórmula 1. A previsão é que a nova unidade comece a operar em junho de 2014.

AE-AP, Agência Estado

12 de julho de 2013 | 10h30

Nesta base, a Honda vai reconstruir e manter os motores para a Fórmula 1, desenvolvidos no centro de desenvolvimento e pesquisas da montadora no Japão. Ela também servirá como base operacional da Honda para outros esportes a motor, incluindo o campeonato mundial de carros de turismo (WTCC, na sigla em inglês).

"Com a confirmação de uma nova base de operação para a Fórmula 1 na Grã-Bretanha, a nossa preparação para a Fórmula 1 se tornou mais específica e concreta. Para atender e superar as expectativas dos nossos fãs, vamos acelerar nosso desenvolvimento para trazer de volta o som único do motor Honda para a pista", disse Yasuhisa Arai, diretor de automobilismo da Honda.

A Honda anunciou em maio seu retorno à Fórmula 1, voltando atrás na decisão tomada em 2008 de sair da categoria devido aos efeitos da crise financeira na economia global. A montadora participou da Fórmula 1, seja como equipe ou fornecedora de motores, entre 1964 e 2008.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1Honda

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.