Horário do GP da Austrália preocupa pilotos

Os pilotos de Fórmula 1 reclamaram dos organizadores do GP da Austrália pela marcação corrida para o final da tarde. Ele temem que a disputa seja mais perigosa e lamentaram que suas opiniões fossem ignoradas. A corrida começará às 17 horas locais, o que significa que acabará no anoitecer. Os pilotos verão diretamente o pôr do sol quando entrarem na última curva, rumo à reta principal.

AE, Agencia Estado

25 de março de 2010 | 16h06

"As últimas 20 voltas foram muito perigosas no ano passado", afirmou Robert Kubica, piloto polonês da Renault. "Fazer essa curva foi como entrar em um lugar sem luz, era impossível ver algo. Não é uma sensação confortável estar ao volante de um carro de Fórmula 1 ao entrar em uma curva em que realmente é bem difícil ver", completou.

A Associação de Pilotos de Grandes Prêmios se queixou no ano passado, quando a mudança de horário foi definida para atender o desejo das televisões europeias. "Se quisermos uma mudança para o próximo ano, talvez devemos dizer que estamos todos muito contentes ao final da corrida", declarou o italiano Jarno Trulli, da Renault. "Poderíamos começar a corrida uma hora antes, o que não afetaria nada", completou. "É algo que se decidiu por questões meramente comerciais", disse Mark Webber, piloto australiano da Red Bull.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.