Hulkenberg acerta permanência na Force India para 2015

Hulkenberg acerta permanência na Force India para 2015

Oitavo colocado no mundial de pilotos, alemão anuncia renovação de contrato antecipadamente: "Desfrutamos de um ano genial"

Estadão Conteúdo

20 de outubro de 2014 | 09h47

A Force India anunciou oficialmente nesta segunda-feira a renovação do contrato de Nico Hulkenberg, que acertou acordo para seguir pilotando pela equipe até o final da temporada de 2015 da Fórmula 1. O alemão de 27 anos de idade prorrogou o seu compromisso depois de ter retornado à escuderia antes do começo do campeonato deste ano, após correr pela Sauber em 2013.

"Esse é um time que conheço extremamente bem e juntos desfrutamos de um ano genial, com resultados especiais", afirmou Hulkenberg, que terminou em quinto lugar em quatro das 16 corridas disputadas nesta temporada da F1. A posição é considerada expressiva, tendo em vista as limitações do carro da Force India, embora os monopostos do time sejam empurrados pelo forte motor Mercedes.

Ao comentar a renovação do contrato com certa antecipação, o alemão destacou que isso foi "bom para confirmar os planos para a próxima temporada", na qual ele espera poder ajudar a Force India a alcançar um novo patamar no cenário de forças da categoria máxima do automobilismo.

"A equipe tem grandes ambições e acredito que nós podemos ter um pacote competitivo mais uma vez no próximo ano. Nós temos um parceiro forte na Mercedes e todos na equipe estão motivados e famintos por mais sucesso", completou Hulkenberg, para depois enfatizar que "tem um bom pressentimento para 2015" em relação aos resultados que o time poderá atingir.

Inicialmente, Hulkenberg correu pela Force India nas temporadas 2011 e 2012 da F1, antes de passar uma temporada na Sauber e voltar para a equipe baseada em Silverstone neste ano. Ele acumula um total de 76 pontos em 16 corridas neste ano e ocupa a oitava posição do Mundial, enquanto o mexicano Sergio Pérez, seu companheiro de equipe, é o 11º colocado no geral, com 47 pontos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.