Divulgação
Divulgação

Hulkenberg contém empolgação com o carro após marcar melhor tempo

Alemão destaca progresso da Force India no Bahrein e afirma ser cedo para comemorar

O Estado de S. Paulo

19 de fevereiro de 2014 | 20h10

SAKHIR - Nico Hulkenberg disse nesta quarta-feira no Bahrein ser ainda muito prematuro afirmar que a Force India tem um carro competitivo para a temporada 2014 de Fórmula 1. O alemão surpreendeu e foi o piloto mais rápido desta quarta-feira, na abertura da segunda bateria de testes da pré-temporada, quando foi o único a conseguir completar uma volta com o tempo abaixo de 1m37s, ao cravar 1m36s880, um segundo à frente de Fernando Alonso, o segundo mais rápido.

"É ótimo que já fizemos alguns acertos e começamos a melhorar a dirigibilidade do carro. Mas tudo é ainda muito cedo. Nos aprendemos a cada volta e vamos encarar uma etapa de muito aprendizado nos próximos dias", disse o alemão após o fim do treino. Hulkenberg foi o terceiro que mais conseguiu andar nesta quarta-feira, ao completar 79 voltas no Bahrein. "O tempo no carro serviu para verificar o comportamento dele, algo que não consegui em Jerez".

O piloto alemão voltará à pista nesta quinta-feira. Nos dois dias finais da bateria será a vez do mexicano novato na equipe Sergio Perez testar a Force India no Bahrein. "Foi um excelente começo para nossa escuderia. O trabalho aerodinâmico nos forneceu importantes informações para o futuro", comentou o chefe de operações da Force India, Otmar Szafnauer.

Mesmo com o bom desempenho da Force India, ganha destaque novamente o trabalho da Mercedes. A escuderia alemã foi a única a ter conseguido simular uma corrida durante a bateria realizada em Jerez de la Frontera, em janeiro, e nesta quarta-feira também conseguiu bons resultados. Lewis Hamilton fez o terceiro tempo, com 1m37s908, e deu 74 voltas.

Tudo o que sabemos sobre:
velocidadeFórmula 1Nico Hulkenberg

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.