Hungria acredita na permanência na F1

Os organizadores do GP da Hungria de Fórmula 1 reagiram com energia, nesta quinta-feira, às notícias de que o país deixaria o Mundial para dar lugar às corridas de Xangai, na China, ou Bahrein, programadas para estrearem no campeonato de 2004. "Temos contrato assinado, o circuito será reformado para 2004 e acreditamos que o GP aqui está salvo", afirmou Peter Petan, administrador do circuito Hungaroring.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.