Hunter-Reay ganha em Baltimore e segue vivo na Indy

Em uma prova em que o brasileiro melhor colocado foi Rubens Barrichello, em 5.º, o norte-americano Ryan Hunter-Reay venceu neste domingo a etapa de Baltimore da Fórmula Indy e adiou a decisão do campeonato para a última etapa da temporada, no próximo dia 15, no circuito oval de Fontana. O australiano Will Power, que é o líder e poderia ter se sagrado campeão, terminou em 6.º. Com esse resultado, Hunter-Reay diminuiu para 17 pontos a distância para Power.

AE, Agência Estado

02 de setembro de 2012 | 19h21

Com a vantagem de largar na pole position, o líder da temporada arriscou utilizar pneus de chuva durante a prova e acabou prejudicado com isso, chegando a estar em 18.º lugar. Por causa das péssimas condições da pista, as bandeiras amarelas (10 no total) foram uma presença constante no circuito de rua de Baltimore. Melhor para Ryan Hunter-Reay, que foi ganhando muitas posições ao apostar em pneus para pista seca até chegar à segunda colocação na volta 33.

Ao conseguir isso, o experiente piloto norte-americano foi administrando a posição com tranquilidade para manter o posto até o final da prova, quando aproveitou a relargada para ultrapassar Ryan Briscoe, que terminou em terceiro. O francês Simon Pagenaud completou o pódio, em 3.º.

O brasileiro Hélio Castroneves, 3.º colocado na temporada, foi prejudicado por problemas durante toda a prova e não fez uma boa corrida. Envolvido em acidentes, fez seguidas paradas no boxe e foi o 11.º. Agora, a 52 pontos do líder, ele só consegue ser campeão caso Power não participe da última prova. Neste domingo, faltando ainda 15 voltas para o fim, ele deu mostras de que abdicou do título ao dar passagem para o companheiro de equipe Will Power.

Já Tony Kanaan fez uma prova muito boa. Chegou a estar na segunda colocação, mas acabou prejudicado pela polêmica chicane improvisada em Baltimore e tocou no muro, sendo obrigado a abandonar a prova. Companheiro de equipe de Kanaan, Barrichello também foi muito bem e cruzou a linha em quinto. Já Bruno Junqueira abandonou a corrida na 15.ª volta após rodar na pista.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.