Divulgação/Indy
Divulgação/Indy

Hunter-Reay quebra jejum da Andretti na F-Indy

Líder, australiano Will Power chega na terceira colocação em Long Beach

MILTON PAZZI JR., estadão.com.br

18 de abril de 2010 | 19h58

O americano Ryan Hunter-Reay, da Andretti, quebrou neste domingo o domínio do australiano Will Power e da Penske na temporada 2010 da Fórmula Indy ao vencer a tradicional etapa nas ruas de Long Beach, nos Estados Unidos. É sua segunda vitória na categoria, encerrando um jejum da equipe, que não vencia desde 2008 (com Tony Kanaan, em Richmond, ou 29 corridas).

 

Porém, como Power foi 3.º colocado, ele ainda segue líder da classificação, com 172 pontos, após quatro corridas. O vice-líder ainda é o brasileiro Hélio Castroneves, agora com 130, um ponto a mais que Hunter-Reay, terceiro. O segundo colocado na prova foi o inglês Justin Wilson (Dreyer&Reinbold), agora quarto colocado na temporada com 125.

 

A prova foi decidida por erros ou problemas, sem grandes ultrapassagens. Will Power, ainda líder da classificação, teve uma falha no seu Penske na volta 16, quando liderava - o carro parou de tracionar após uma redução de marcha. Foi aí que Hunter-Reay assumiu a ponta e fez o suficiente para garantir sua posição.

 

Os brasileiros ficaram num grupo intermediário: o melhor foi Tony Kanaan (Andretti), quinto colocado (e oitavo na temporada, com 94 pontos), com Mario Moraes (KV) em sexto (15.º no ano, com 69) e Castroneves em sétimo. Vitor Meira (AJ Foyt) chegou em 11.º lugar (mesma posição na classificação, com 81) e Raphael Matos (Luczo Dragon) foi o 20.º (nono, 84).

 

Desastroso. O vilão da corrida foi AlexLloyd, da equipe Dale Coyne. Ele segurou o líder Hunther-Reay por muitas voltas, mesmo sendo advertido com bandeiras azuis (para dar passagem) e quando o americano passou veio o desastre: Lloyd fechou e acertou Wilson, então segundo colocado, quebrando o bico do Dreyer&Reinbold do inglês.

 

A prova teve apenas uma bandeira amarela: quando o brasileiro Mario Romancini (Conquest) forçou uma ultrapassagem sobre Graham Rahal (Sarah Fisher) e atingiu o americano no meio, quando disputavam a 20.ª posição, na volta 58. Os dois foram forçados a abandonar a prova.

 

A corrida deste domingo na Califórnia fecha a primeira parte do campeonato. Agora, virão os ovais - quatro seguidos - sendo a próxima etapa a do Kansas, em 1 de maio.

 

FÓRMULA INDY 2010 - ETAPA DE LONG BEACH

CLASSIFICAÇÃO FINAL

1.º - Ryan Hunter-Reay (EUA/Andretti), 85 voltas,

2.º - Justin Wilson (ING/Dreyer&Reinbold), a 5s6031

3.º - Will Power (AUS/Penske), a 8s5864

4.º - Scott Dixon (NZL/Chip Ganassi), a 10s6287

5.º - Tony Kanaan (BRA/Andretti), a 11s7732

6.º - Mario Moraes (BRA/KV), a 16s5171

7.º - Hélio Castroneves (BRA/Penske), a 16s8928

8.º - Ryan Briscoe (AUS/Penske), a 18s2214

9.º - Dan Wheldon (ING/Panther), a 19s4575

10.º - Mike Conway (ING/Dreyer&Reinbold), a 19s9307

11.º - Vitor Meira (BRA/AJ Foyt), a 27s4005

12.º - Dario Franchitti (ESC/Chip Ganassi), a 28s1352

13.º - Hideki Mutoh (JAP/Newman Haas Lanigan), a 28s6037

14.º - Marco Andretti (EUA/Andretti), a 30s0120

15.º - EJ Viso (VEN/KV), a 31s6182

16.º - Danica Patrick (EUA/Andretti), a 32s1804

17.º - Simona de Silvestro (SUI/HVM), a 33s1652

18.º - Takuma Sato (JAP/KV), a 1 volta

19.º - Alex Lloyd (ING/Dale Coyne), a 1 volta

20.º - Raphael Matos (BRA/Luczo Dragon), a 1 volta

Não terminaram a corrida:

Alex Tagliani (CAN/Fazzt), quebra, volta 65

Graham Rahal (EUA/Sarah Fisher), acidente, volta 58

Mario Romancini (BRA/Conquest), acidente, volta 58

Bertrand Baguette (BEL/Conquest), quebra, volta 45

Milka Duno (VEN/Dale Coyne), batida, volta 10

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.