Indy: Kanaan lamenta posição no grid

Obrasileiro Tony Kanaan ficou desapontado com o sétimo lugar no grid de largada do GP de Mid-Ohio, a 12ª etapa da temporada da Indy, que acontece amanhã. Ele entende que poderia alcançar uma posição melhor, mais foi prejudicado pelo fato de o carro ter saído muito de frente durante a sessão oficial deste sábado. "Não foi o que eu queria, principalmente depois de ter obtido a pole position no GP anterior (em Chicago)´´, admitiu o piloto da Mo Nunn.A pole em Mid-Ohio é do brasileiro Gil de Ferran, da Penske (1min05s442), com seu companheiro de equipe, Hélio Castro Neves, largando em segundo lugar (1min05s877).Tony, que fez o tempo de 1min06s196, acredita que pode obter uma boa posição na prova deste domingo. "Aqui tem dois ótimos pontos de ultrapassagem. O importante é escapar sem bater na primeira curva.?Bruno Junqueira, 10º colocado no grid (1min06s395), lamentou o fato de ter treinado no primeiro grupo - na Indy, em circuitos mistos e de rua, os pilotos são divididos em dois grupos no treino oficial, com base na classificação do campeonato e no resultado do qualifying da corrida anterior. "O problema é que a pista melhora para o pessoal que treina depois. Fica mais emborrachada e rápida´´, afirmou o brasileiro, que foi o mais rápido do seu grupo. Bruno festejou o fato de estar correndo em uma "pista de verdade´´. "É bem melhor´´, avaliou o brasileiro, ao comentar o circuito permanente de Mid-Ohio. Ele está confiante numa boa colocação nacorrida, mas reconhece que não vai ser fácil. "Os chassis Reynard estão melhor adaptados à pista´´, justificou o piloto, que utiliza chassis Lola.De fato, os oito primeiros colocados no grid de largada da corrida deste domingo utilizam chassis fabricados pela Reynard.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.