Indy tem GP decisivo em Houston

Depois de uma complicada passagem pela Europa, a Fórmula Indy volta para "casa?? neste fim de semana, com a disputa de um Grande Prêmio, o de Houston, que pode se tornar fundamental na briga pelo campeonato, principalmente para Gil de Ferran e Hélio Castro Neves, os dois brasileiros com mais chances de conquistar o título. Vencer ou, pelo menos, somar um bom número de pontos, vai significar um "combustível extra?? nesta reta final de disputa. Após o GP de Houston, restarão apenas três etapas para o fim da temporada.Líder do Mundial com 147 pontos, o sueco Kenny Brack, da Team Rahal, é o adversário a bater. Gil, que soma 141 e Hélio, que tem 123 (é o quarto colocado, atrás também de Michael Andretti, que está com 125 pontos) sabem disso. "Será uma etapa importante, a exemplo do ano passado??, analisou Gil.Atual campeão da Indy, Gil considera a pista de rua de 1.527 milhas (2,4 km) montada no centro da cidade texana bem difícil e com uma dificuldade adicional em relação às pistas permanentes: o acerto do carro. "A pista é muito ondulada, o que torna mais complicado trabalho para encontrar o acerto ideal??, diz. Hélio Castro Neves, seu companheiro de Penske, concorda e acrescenta: "Além disso, em Houston os freios são exigidos demais. E preciso saber dosar para evitar um superaquecimento dos freios??.Vencedor da etapa anterior, disputada no oval de Rockingham, na Inglaterra, Gil está bastante confiante em obter um novo bom resultado em Houston. No ano passado, ele chegou em terceiro, após largar na pole e liderar 64 das 100 voltas - o vencedor foi o norte-americano Jimmy Vasser, com Juan Pablo Montoya completando a dobradinha da Chip Ganassi. "Aquela prova foi importante para mim, na luta pelo título. E essa também será??, afirmou.Em 2000, Gil chegou a Houston na liderança do campeonato, com 137 pontos, contra 129 de Roberto Moreno e 127 de Michael Andretti. Com os 16 pontos que obteve, manteve a ponta, inclusive depois da corrida seguinte, na Austrália, onde não pontuou. Isso lhe possibilitou garantir o título na última etapa, em Fontana, com outro terceiro lugar.Os treinos em Houston começam sexta-feira, com duas sessões livres. A pole será definida na tarde de sábado. A corrida, no domingo, terá início às 15 horas (de Brasília), e mais uma vez não terá transmissão ao vivo da TV Record, que anuncia o videotape às 18 horas.

Agencia Estado,

03 de outubro de 2001 | 16h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.