Divulgação/ Fórmula E
Divulgação/ Fórmula E

Inédita 'pane' generalizada de bateria ofusca vitória de De Vries na Fórmula E

Lucas Di Grassi termina na sétima posição; Sérgio Sette Câmara não completa a prova

Redação, O Estado de S.Paulo

24 de abril de 2021 | 18h20

Uma inédita pane generalizada da bateria dos carros da Fórmula E, categoria do automobilismo especializada nos modelos elétricos, marcou a etapa de Valência, na Espanha, ofuscando a vitória do piloto holandês Nyck de Vries, que se sobressaiu e aproveitou o problema de grande parte dos colegas na prova deste sábado.

Com cinco intervenções do safety car, por causa da chuva que caía, os carros das equipes tiveram menos energia do que o esperado para lidar com o final da corrida.

Alguns perderam muita velocidade por causa da falta de bateria. Foi o caso do atual campeão António Félix da Costa, que herdava a primeira posição da corrida. Mesmo com o primeiro lugar garantido até os últimos instantes da prova, ao final da disputa o piloto português perdeu a liderança por sua energia estar no limite, afetando a velocidade do carro.

Isso acontece porque quando o carro da organização aparece para guiar os pilotos, a direção da Fórmula E tira, por regulamentação, parte da energia dos carros enquanto o safety car está acionado.

Os brasileiros que estão na Fórmula E tiveram destinos bastante diferentes durante a prova em Valência. Lucas Di Grassi havia ficado inicialmente no 10º lugar, que foi comemorado pelo paulistano de 36 anos após ter largado apenas na 21ª posição. Porém, com a punição de três pilotos pela Federação Internacional do Automobilismo (FIA) por excederem o limite permitido de uso extra de energia, Di Grassi saltou para a sétima colocação.

"Fizemos o possível na prova, terminamos em décimo, mas depois tivemos essas punições que nos colocaram mais à frente. Foi uma corrida caótica, com chuva e muitas dificuldades técnicas para todos, talvez algo que nunca mais vá se repetir na categoria. Terminar em sétimo, depois de tudo o que passamos, é um grande alívio", disse o piloto da equipe Audi.

O outro brasileiro que correu neste sábado em Valência foi Sérgio Sette Câmara, que não teve a mesma sorte que o compatriota e acabou abandonando a prova ao colidir com outro carro.

A Fórmula E realizará neste domingo a sexta etapa da temporada de 2021, na corrida 2 em Valência, com largada marcada para as 9 horas da manhã.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.