Inglaterra tenta salvar GP de F-1

As chances de a Inglaterra manter o GP de Silverstone no calendário da F-1 no ano que vem aumentaram muito nesta terça-feira. É que a empresa responsável pela organização da prova prometeu iniciar em janeiro as obras exigidas pela Federação Internacional de Automobilismo (FIA).A entidade ameaçou retirar a Inglaterra do calendário 2002 por causa dos inúmeros problemas de infraestrutura verificados no GP deste ano, quando engarrafamentos gigantes se formaram nas imediações e os torcedores tiveram muitas dificuldades de acesso ao circuito.Hoje, a empresa Octagon Motorsports divulgou comunicado detalhando o trabalho de recuperação. A empresa garante que Silverstone estará em condições de receber a prova, marcada para o dia 7 de julho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.