IRL: brasileiros apreensivos em Fontana

Os dois pilotos da Penske, Hélio Castro Neves e Gil de Ferran, entrarão nesta sexta-feira na pista de Fontana, para a disputa dos primeiros treinos para a penúltima etapa da Indy Racing League, apreensivos. Motivo: não estão seguros de que seus carros serão competitivos no oval de 2 milhas do California Speedway. Como a prova é importantíssima para a definição do título, eles esperam que a Penske tenha encontrado o melhor acerto para este tipo de pista."Testamos em Fontana na semana passada e acho que aprendemos muito?, disse Gil. "Estamos tentando melhorar nossos resultados em superspeedways.?? Ele se refere ao fato de a Penske não ter se saído bem no oval de 2 milhas Michigan, na prova realizada em julho. Gil obteve apenas um sétimo lugar e, na ocasião, reclamou do baixo rendimento do seu Dallara/Toyota. Por isso, decidiu usar o chassis G Force em Fontana.Helinho, que sequer concluiu aquela prova - abandonou por conta de um vazamento de água -, como sempre é mais otimista. "Acredito que seremos competitivos neste final de semana??, afirmou, com base nos testes.Ele lidera o campeonato com 439 pontos. Gil está em quarto, com 422 - o neozelandês Scott Dixon, da Chip Ganassi, tem 427, e Tony Kanaan, da Andretti-Green, 425. O americano Sam Hornish Jr., da Panther, que soma 398 pontos, também luta pelo título da temporada.Nesta sexta, ocorrerão duas sessões de treinos livres, das 13h às 14h30 e das 17h30 às 19 horas, horários de Brasília. O grid será definido sábado à tarde e a corrida, domingo, será em 200 voltas (400 milhas), com largada às 16h30.O brasileiro Vitor Meira, que não disputou as duas etapas anteriores por causa do acidente no GP de Kentucky em que sofreu uma fratura no punho direito, retorna à IRL em Fontana. Ele reassume seu lugar na equipe Menards.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.