IRL ficou duas vezes mais cara

A Indy Racing League começou a temporada de 2003, em Homestead, como a mais cara categoria do automobilismo americano. O custo das equipes dobrou entre 2002 e 2003 com as novas regras e a chegada de duas montadoras novas, a Toyota e a Honda. Mas o presidente da categoria, Tony George, garante que as finanças das equipes ficarão estabilizadas. A IRL atraiu novos patrocinadores, que colocaram suas logomarcas junto aos nomes das provas. E as equipes, como a Andretti/Green, também atraíram patrocínios, como o da rede de lojas de conveniência 7 Eleven. A partir de agora, até 2005 as regras não mudarão.Leia mais no Jornal da Tarde

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.