IRL: Tony Kanaan tenta fazer história

Tony Kanaan tem grande chance de entrar para a história neste domingo como o primeiro brasileiro campeão da Indy Racing League. Para isso, basta chegar em 4º lugar no GP de Fontana, penúltima etapa da temporada. Uma tarefa que parece simples para um piloto que, nas 14 provas anteriores, ficou 13 vezes entre os cinco primeiros - e venceu três delas. Tony, porém, prefere não comemorar antes. "O título está chegando, estou tranqüilo, confiante, mas primeiro vamos assegurá-lo."O brasileiro corre em Fontana com vantagem de 75 pontos (538 a 463) para o inglês Dan Wheldon, seu companheiro na Andretti-Green e o único que pode lhe tirar o título. Tony tem uma situação tão confortável que, mesmo que chegue em 10.º com vitória de Wheldon, o que adiaria a definição do título, ele vai precisar apenas alinhar o carro no grid na última etapa, dia 17 no Texas, para ser campeão.O objetivo, porém, é decidir já a disputa. "Vou fazer o meu trabalho, como se precisasse ganhar a prova. Se acontecer algum problema, vamos definir no Texas. Mas minha estratégia de ir somando pontos a cada corrida para eliminar os adversários na luta pelo título deu certo, agora só resta o Wheldon."Fontana traz boas recordações para Kanaan. Foi no oval de 2 milhas (3,2 km) californiano que ele conquistou, em 1997, o título da Indy Lights, após disputa com Hélio Castro Neves, numa prova eletrizante, com a liderança trocando várias vezes de mãos. "Gosto muito de correr em Fontana.??A IRL foi criada em 1995, conseqüência de uma dissidência dos dirigentes da F-Indy. Até este ano, só correu em pistas ovais - vai ter 3 corridas em circuitos mistos em 2005. Kanaan, que correu na Champ Car por 5 anos, está em sua 2ª temporada.O GP de Fontana terá 200 voltas. O SporTV anuncia transmissão às 16 horas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.