Jaguar ameaça demitir Antonio Pizzonia

Quatro etapas depois de iniciado o campeonato, e o piloto Antonio Pizzonia já corre sério risco de demissão na Jaguar. Os dirigentes decidiram dar um ultimato ao brasileiro. Se não for bem no GP da Espanha, marcado para o dia 4 de maio, em Barcelona, deverá ter seu contrato rescindido. O diretor de comunicações da escuderia, Nav Sidhu, disse nesta quinta-feira, que a equipe considera seriamente a possibilidade de substituir o brasileiro, dada a enorme diferença de rendimento entre ele e o australiano Mark Webber, seu companheiro de equipe. De acordo com Sidhu, a diferença chega a ser ?alarmante?. A escuderia estabeleceu o GP da Espanha como referência por tratar-se de um circuito bastante conhecido de Pizzônia. Os dirigentes acham que em condições mais favoráveis para o brasileiro, será possível traçar uma comparação mais realista entre os dois. Se não der certo, Pizzônia deverá ser substituído pelo austríaco Alexander Wurz, hoje piloto de provas da McLaren-Mercedes.Pilotos brasileiros parecem não ter mesmo sorte na Jaguar. Há dois anos, Luciano Burti foi substituído pelo espanhol Pedro de la Rosa após quatro corridas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.