Divulgação
Divulgação

Jaguar anuncia volta às corridas e terá equipe na Fórmula E

Montadora fez parte do grid da Fórmula 1 até 2004

O Estado de S. Paulo

15 de dezembro de 2015 | 11h23

Nesta terça-feira, a montadora britânica Jaguar deu um motivo para os fãs de automobilismo comemorarem e anunciou sua volta ao mundo dos esportes a motor. Em 2016, com uma equipe própria, fará sua estreia no Mundial de Fórmula E, categoria que utiliza motores elétricos.

“Estou orgulhoso em anunciar o retorno da Jaguar ao mundo do esporte a motor, com a entrada em uma categoria tão inovadora como a Fórmula E. Os veículos elétricos certamente irão desempenhar um papel fundamental na linha de veículos da Jaguar Land Rover no futuro", afirmou o diretor global de engenharia da marca, Nick Rogers. Os engenheiros da empresa trabalharão em conjunto com os integrantes da equipe, visando aprimorar a tecnologia dos motores elétricos da montadora.

Durante o início dos anos 2000, a Jaguar Racing fazia parte do grid da Fórmula 1, mas nunca passou de uma equipe de média expressão em termos de resultado. Contou com pilotos como os brasileiros Luciano Burti, Antonio Pizzonia e o australiano Mark Webber. Em 2004, o time foi vendido para a Red Bull, dando origem à Red Bull Racing (RBR), que se tornaria tetracampeã por equipes entre 2010 e 2013. Em 2016, a Jaguar volta às pistas na Fórmula E após 12 anos longe das competições.

Tudo o que sabemos sobre:
VelocidadeFórmula EJaguar

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.