James Toseland conquista Mundial de Superbikes

Inglês só teve que adminstrar vantagem sobre os rivais na última prova da temporada

Efe,

07 de outubro de 2007 | 12h38

O inglês James Toseland, da Honda, aproveitou neste domingo a vantagem de pontos com a qual chegou à última prova do Mundial de Superbikes, no circuito francês de Magny Cours, para garantir o seu segundo título nesta categoria de motovelocidade.   Ele chegou a esta prova com 29 pontos de vantagem sobre o italiano Max Biaggi, da Suzuki, e com 33 a mais que o japonês Noriyuki Haga, da Yamaha. Assim, o inglês soube administrar os problemas para garantir o título com uma sétima posição na primeira bateria e um sexto lugar na segunda prova.   Haga ainda tentou endurecer a disputa vencendo as duas corridas deste domingo, mas no final ficou a dois pontos do inglês, o que lhe permitiu garantir apenas o vice-campeonato.   Já Biaggi não conseguiu dar prosseguimento à tentativa de recuperação que iniciou no circuito italiano de Vallelunga e, após uma sexta e uma segunda posição neste domingo, ficou longe do título.   Classificação geral final: 1.º JAMES TOSELAND (ING) Honda 415 pontos; 2.º Noriyuki Haga (JAP) Yamaha 413; 3.º Max Biaggi (ITA) Suzuki 397; 4.º Troy Bayliss (AUS) Ducati 372; 5.º Troy Corser (AUS) Yamaha 296.

Tudo o que sabemos sobre:
Mundial de Superbikes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.