Valéria Gonçalvez/AE
Valéria Gonçalvez/AE

Jarno Trulli reclama de Adrian Sutil após batida em Interlagos

'Ele devia sofrer uma punição e ser banido da próxima corrida', disse o italiano, que reclamou com o alemão

Thiago Arantes, Agencia Estado

18 de outubro de 2009 | 14h50

SÃO PAULO - Depois de se envolverem num acidente logo na primeira volta do GP do Brasil de Fórmula 1, neste domingo, em Interlagos, o alemão Adrian Sutil e o italiano Jarno Trulli foram obrigados a abandonar a corrida. E, ainda na pista, os dois pilotos travaram uma forte discussão assim que deixaram seus carros.

Veja também:

linkAlonso lamenta abandono na primeira volta  

F-1 2009 - tabela Classificação | especialCalendário

especialESPECIAL - Jogue o Desafio dos Pilotos

blog BLOG DO LIVIO - Leia mais sobre a F-1

blog SPF1 - Leia mais no blog do GP do Brasil

"Ele devia sofrer uma punição e ser banido da próxima corrida", disse Trulli, já nos boxes da Toyota, ao apontar Sutil como o responsável pela batida. "Eu estava no lado de fora da curva, mas ele continuou me empurrando cada vez mais para a grama. E, quando estava na grama, perdi o controle", completou o italiano.

Sutil, por sua vez, reclamou da reação de Trulli, que partiu para cima do alemão para discutir. "Aquilo que ele fez foi muito estranho. Se ele tem algum problema e quer falar comigo sobre isso pessoalmente, estou disponível. Mas acho que somos de níveis diferentes", afirmou o piloto da Force India.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1Jarno TrulliAdrian Sutil

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.