Jean Azevedo troca a moto pelo carro de rali

Piloto brasileiro estréia nesta quarta-feira no Rali Cerapió como piloto na categoria Carros

Glenda Carqueijo, Jornal da Tarde

20 de janeiro de 2008 | 22h33

Com 20 anos de experiência sobre duas rodas, o piloto Jean Azevedo, de 33 anos, está pronto para um novo desafio em sua carreira. Ele estréia nesta quarta-feira no Rali Cerapió como piloto na categoria Carros. A prova terá percurso de 1.300 quilômetros, de Fortaleza a Recife. A despedida das motos, porém, não foi do jeito que Jean planejou. Ele tinha escolhido o Lisboa-Dacar para anunciar sua aposentadoria. "Eu estava preparado para fazer uma boa prova. Mas com o cancelamento do Dacar não tive despedida", lamentou.Agora, a bordo de um carro da equipe Petrobras Lubrax - a sua vaga na moto será ocupada por Rodolpho Mattheis -, Jean espera conquistar tudo aquilo que já conseguiu com a moto. São cinco títulos no Rali dos Sertões e seis no Brasileiro de Rally Cross Country, além do bicampeonato na categoria Production do Rali Dacar. Além de buscar novos desafios, Jean diz que o "fator segurança" pesou em sua decisão. "Na moto a gente fica mais exposto a riscos. Eu já tenho dois filhos [Mariana e Bruno]...", explicou.A principal dificuldade que ele vem encontrando é na navegação. "Na moto eu dependia só de mim. No carro, dependo do navegador." Em busca do parceiro ideal, Jean fará alguns testes. Sua estréia, no Cerapió, será ao lado do brasileiro Youssef Haddad. "Além de navegador, ele é um ótimo mecânico", elogiou.

Tudo o que sabemos sobre:
Jean Azevedo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.