Carmen Jaspersen/EFE
Carmen Jaspersen/EFE

Jenson Button admite disputar campeonato paralelo em 2010

Líder do atual Mundial de Fórmula 1 quer continuar com a Brawn GP na competição que ela for disputar

EFE

19 de junho de 2009 | 16h44

 SILVERSTONE - O inglês Jenson Button, da Brawn GP, afirmou que disputaria o campeonato paralelo que a Associação de Escuderias da Fórmula 1 (Fota) ameaça criar para 2010.

Veja também:

linkSaída de equipes explode maior crise

linkFIA vai recorrer à Justiça contra a Fota e a Ferrari

som PODCAST - Ouça: Livio Oricchio avalia a crise

tabela F-1: classificação do Mundial

especial Confira o calendário da temporada

especial ESPECIAL: jogue o Desafio dos Pilotos

"Estou convencido que todos os pilotos das equipes da Fota estão de acordo com o que a associação disse. O piloto sempre que competir contra os melhores, e é isso que quero fazer. Quero concorrer com as equipes que estiveram competindo na F-1 durante muitos anos", afirmou.

"Embora a Brawn seja jovem, conta com profissionais que participam do campeonato há muito tempo. Por isso, é uma escuderia experiente. É incrível ganhar da Ferrari nas pistas. Se não pudermos fazer isso no ano que vem, será muito diferente", acrescentou.

Na noite de quinta-feira, a Fota anunciou a ruptura com a Federação Internacional de Automobilismo (FIA) e o inglês Bernie Ecclestone, detentor dos direitos comerciais do campeonato.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.