Jimenez deixa o kart e já pensa na F-3

O piloto Sérgio Jimenez, de 17 anos, um dos maiores kartistas da história de 41 anos desse esporte no Brasil, disputa neste sábado, em Interlagos, sua última corrida de kart. "A partir do ano que vem passarei para o automobilismo, provavelmente a Fórmula 3 Sul-americana." Jimenez coleciona 22 títulos, 110 vitórias e 87 pole positions, conquistadas ao longo dos seus sete anos de carreira e exatas 250 corridas. Esses números o colocam ao lado de Ayrton Senna, Rubens Barrichello, Tony Kanaan e Paulo Carcasci, os de melhor retrospecto no kart.Não é sempre que surge nas pistas um piloto capaz de conquistar três vezes o Campeonato Brasileiro de Kart e o Paulista em outras 8 oportunidades, além de uma série de vitórias em torneios e competições isoladas, como é o caso de Jimenez, nascido em Piedade, interior de São Paulo."Não vai ser fácil deixar o kart do dia para a noite. Acho que eu vou acabar, vez por outra, disputando alguma prova para matar a saudades", diz Jimenez. Ele lembra que até hoje o Michael Schumacher ainda faz isso, como ocorreu em outubro, quando o alemão foi competir no Mundial de kart, na Alemanha.A 11ª e última etapa do Campeonato Paulista de Kart, neste domingo, apontará os campeões das duas únicas categorias, das 9 existentes, em que os campeões não são conhecidos: Graduados B e Sênior A. O programa de competições no kartódromo começa já às 8 horas com as tomadas de tempo.Além de Jimenez, o campeão da Copa Brasil e segundo colocado na Graduados A, Marcello Thomaz, de 17 anos, pode estar também se despedindo do kart, já que na próxima temporada deverá estrear no automobilismo, na recém-criada Fórmula Renault brasileira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.