Jose Jordan/AFP
Jose Jordan/AFP

Joan Mir ganha etapa da Europa e Suzuki fica perto de reconquistar a MotoGP

Com a primeira vitória na temporada, espanhol chegou aos 162 pontos, 37 a mais que o francês Fábio Quartararo e o compatriota Alex Rins

Redação, Estadão Conteúdo

08 de novembro de 2020 | 12h36

A Suzuki está muito perto de voltar a conquistar um título da MotoGP que não vem desde 2000. Graças ao espanhol Joan Mir, que ganhou a etapa da Europa neste domingo em Valência e ampliou sua vantagem na liderança. Foi a primeira vitória do piloto na categoria.

Com a primeira vitória na temporada, Mir chegou aos 162 pontos, 37 a mais que o francês Fábio Quartararo e o compatriota Alex Rins, companheiro de Suzuki.

Mir festejou muito sua conquista em Valência, com uma bandeira de seu país. No pódio, parecia não acreditar na primeira vitória pela MotoGP. Beijou o troféu, sorriu, se emocionou, ergueu os dedos os céus... Restam apenas duas etapas para a definição do título e o espanhol está muito perto do feito inédito.

O retorno da etapa da Europa no calendário da MotoGP foi uma verdadeira festa local em Valência. Desde 1995 não acontecia a prova. Voltou com um pódio totalmente espanhol. Além da vitória de Mir, a etapa no Circuito Ricardo Tormo terminou com Alex Rins em segundo e o pole position Pol Espargaro em terceiro.

A próxima etapa ocorre daqui uma semana, novamente no Circuito Ricardo Tormo, em Valência. A última corrida está programada para Portimão, em Portugal, dia 22.

Mir largou na quinta colocação, mas manteve-se no pelotão de frente. O companheiro Rins logo assumiu a liderança, com ele colado em segundo. Na 16 volta, após um erro do compatriota, ele assumiu a primeira colocação para não mais perdê-la. Chegou a abrir mais de um segundo na frente e não foi incomodado na briga pela vitória.

Com a vantagem tranquila na liderança, ele espera repetir a festa em Valência para garantir o título da MotoGP com uma prova de antecedência.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.