Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

João Paulo busca título da F3 Japonesa

Dois pilotos representam o Brasil na Fórmula 3 japonesa: João Paulo de Oliveira, piloto oficial da Honda na M-Tec, que pode ser campeão no domingo, e Fabio Carbone, do time da Nissan. Na madrugada deste sábado eles participaram da 17ª e 18ª etapas da competição no circuito de Mine, no sul da ilha de Honshu, no Japão, e no domingo disputam a última e decisiva corrida do campeonato, no mesmo local."Independente do resultado, creio que fiz um bom trabalho aqui e a equipe já me fez convite para participar do Campeonato Japonês de Turismo, mas gostaria mesmo de competir na Europa, estar mais perto da Fórmula 1", disse João Paulo. No ano passado, ele conquistou o título alemão de Fórmula 3 com recorde de número de poles e vitórias. "Tenho contato também na IRL."João Paulo, de 23 anos, possui chances de ser campeão japonês de Fórmula 3, mesmo utilizando um chassi Lola, não competitivo como o Dallara, da maioria. Ele e o italiano Ronie Quintarelli, da Inging Motosport, com Dallara-Toyota, lutam pelo título.Carbone, 24 anos recém-completados, está em 7º lugar no campeonato. "Aqui no Japão nosso objetivo, este ano, foi desenvolver o motor Nissan para em 2005 lutar pelo título?, revelou. Ele também gostaria de competir de novo da Europa. "Penso que a GP2 é a categoria que a maioria dos pilotos em ascensão gostaria de estar em 2005." A GP2 está sendo criada para substituir a Fórmula 3000. Seus carros se aproximarão bem mais dos da Fórmula 1. Os motores terão 600 cavalos, haverá pit stops da mesma maneira e seu objetivo é preparar melhor os pilotos.Mas João Paulo admitiu que o futuro ainda é incerto. "A temporada não custará menos de um milhão de euros e para retornar à Europa é preciso patrocinador, algo difícil hoje", explicou. Por esse motivo, o destino dos dois é, em princípio, permanecer no Japão, como pilotos contratados.

Agencia Estado,

01 de outubro de 2004 | 15h31

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.