Jordan e Frentzen chegam a um acordo

O piloto alemão Heinz-Harald Frentzen chegou a um acordo extrajudicial com a Jordan, que o demitiu em julho de 2001 apesar dele ter contrato até o fim de 2002. Apesar disso, ele ainda briga na justiça com outra equipe da Fórmula 1, a Arrows, que também o mandou embora em julho deste ano, desrespeitando o vínculo contratual.Segundo o empresário de Frentzen, Monte Field, o entendimento com a Arrows ainda está longe de acontecer. No caso da Jordan, o valor do acordo não foi divulgado, mas o piloto alemão estava cobrando US$ 6,8 milhões na Justiça, por quebra de contrato.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.