Jordan e Williams mostram evolução

Com os testes de pré-temporada praticamente concluídos, pilotos e dirigentes começam a pensar no que pode acontecer em Melbourne, na abertura do Mundial, em função do que cada equipe fez nesses treinos. "Deu para ver, por exemplo, que a McLaren tem um carro muito rápido mesmo", diz Rubens Barrichello, da única escuderia que pode vencer a McLaren, a Ferrari. "Mas o nosso também é."Depois de acompanhar o trabalho dos seus adversários em treinos conjuntos ou por meio da imprensa e conversas com colegas, como Luciano Burti, piloto da Jaguar, Rubinho aposta que a fase inicial do campeonato terá algumas surpresas. "A Jordan fez um carro muito rápido, melhor que o da BAR, eles serão muito fortes no começo."A Williams também causou boa impressão no piloto da Ferrari. Leia matéria completa no Estado

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.