Tim Keeton/EFE
Tim Keeton/EFE

Jorge Lorenzo conquista pole em Silverstone; piloto espanhol sofre tripla fratura

Tito Rabat, da equipe Avintia, caiu ao sair da pista e foi atingido pela moto de Franco Morbidelli

Estadão Conteúdo

25 Agosto 2018 | 12h36

Em treino de classificação marcado por grave acidente, que causou fratura exposta em três ossos da perna de Tito Rabat, Jorge Lorenzo, da Ducati, conquistou a pole position da etapa da Grã-Bretanha da MotoGP, em Silverstone, neste sábado. Companheiro de equipe do tricampeão, que marcou o tempo de 2min10s155, Andrea Dovizioso ficou em segundo, com a marca de 2min10s314.

O Q1 foi realizado debaixo de chuva, que deixou o circuito difícil de pilotar e causou acidentes. Depois de sofrer uma queda, Rabat foi atingido por Franco Morbidelli, em uma colisão que causou fraturas nos ossos da tíbia, fíbula e fêmur da perna direita do espanhol. De helicóptero, o piloto da Avintia foi levado para o hospital da Universidade de Coventry.

O incidente causou um atraso ainda maior na programação porque o treino só poderia recomeçar quando o helicóptero retornasse ao circuito, por questões de segurança. O tempo de espera foi o suficiente para a chuva parar e o Q2 ser realizado em pista seca.

Distante da dupla da Ducati neste sábado, o tetracampeão Marc Márquez, da Honda, ficou apenas em quinto lugar na classificação, com o tempo de 2min11s083. Passadas 11 etapas, o piloto espanhol lidera com folga o Mundial de Pilotos, com 201 pontos, contra 142 de Valentino Rossi, o segundo colocado na classificação - em Silverstone, o italiano vai largar em 12.º.

Entre a dupla da Ducati e Márquez, Johann Zarco, da Yamaha, vai largar em terceiro lugar, e Cal Crutchlow, da Honda, ficou com a quarta posição. A corrida em Silverstone vai acontecer neste domingo, às 9 horas (de Brasília).

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.