Junqueira não vê a hora de vencer na Cart

A F-Cart entra domingo na segunda metade, com a realização do GP de Toronto, 10ª etapa, e o brasileiro Bruno Junqueira ainda não sabe o que é vencer nesta temporada. Apontado antes do início do campeonato como um dos favoritos ao título, inclusive por estar em uma das principais equipes da categoria, a Newman-Haas, Bruno, de fato, está na briga. É o segundo na classificação, com 109 pontos, contra 117 do líder, o canadense Paul Tracy, da Forsythe. Mas a falta de vitórias incomoda o piloto, até porque seu companheiro de equipe, o estreante francês Sebastien Bourdais, já venceu três vezes este ano.O brasileiro, no entanto, tenta disfarçar a pressão pelo jejum e prefere ver sua constância de resultados - marcou pontos em oito das nove corridas já disputadas - como o aspecto mais positivo de sua performance. "Acredito que isso mostra uma evolução do meu rendimento. Estou num bom momento. Ainda é cedo para falar em conquista de título. Meu principal objetivo ainda é terminar todas as etapas restantes, buscando sempre marcar pontos e, quando possível, brigar pela vitória?, declara Bruno.Ele sabe que para ter a possibilidade de brigar pela vitória na estreita pista de rua de Toronto terá de obter uma boa posição no grid de largada - de preferência na primeira fila. E um lugar de destaque no grid é o que ele pretende conseguir já nesta sexta-feira, no primeiro treino classificatório, das 17h15 às 18h15, pelo horário de Brasília. Pelo regulamento, o piloto mais rápido na sessão classificatória de sexta-feira garante ao menos o segundo lugar no grid, independentemente de seu resultado no treino de sábado.Outro brasileiro, Mário Haberfeld, da Conquest, vai correr pela primeira vez em Toronto. Além do desconhecimento sobre a pista, Haberfeld pode ter um outro adversário: o chassis Reynard, que utiliza. O equipamento não tem apresentado bom rendimento em pistas onduladas, caso do circuito de rua canadense. "Mas Saint Petersburg também é uma pista de rua e foi lá que tivemos o melhor resultado da temporada?, recorda o piloto, referindo-se ao quarto lugar que obteve na primeira etapa do campeonato, sua estréia na categoria.Estréia - O GP de Toronto vai marcar a estréia do brasileiro Alexandre Sperafico na F-Cart. Ele correrá pela Dale Coyne, com o carro que vem sendo pilotado por Gualter Salles nas últimas etapas. Salles não correrá porque no domingo disputa a etapa da Stock Car brasileira em Interlagos.

Agencia Estado,

10 de julho de 2003 | 17h28

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.